Conselho do RJ adia decisão sobre licença ambiental para autódromo de Deodoro

·1 minuto de leitura

A CECA (Comissão Estadual de Controle Ambiental) do Rio de Janeiro decidiu prorrogar a decisão sobre conceder ou não a licença ambiental prévia para a construção do autódromo na Floresta do Camboatá, em Deodoro. A reunião, que aconteceu na tarde da última quinta-feira (19), foi antecedida de polêmicas, com denúncias de pressão política para que a autorização fosse concedida.

Leia também:

Hamilton detona projeto de autódromo no Rio: "A atitude mais sustentável é não derrubar árvores" F1: Interlagos será sede do GP do Brasil pelos próximos 5 anos

Com o adiamento da decisão sobre a licença ambiental, agora a prefeitura e a empresa Rio Motorsports têm mais tempo para complementar os estudos sobre a área atingida. Dos conselheiros presentes na reunião, três votaram pela rejeição de imediato da licença, enquanto dez optaram pela alternativa vencedora.

.

De acordo com denúncias feitas ao jornal O Globo, funcionários do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) disseram que o parecer do órgão que foi votado na reunião apontava irregularidades no projeto, mas teve sua conclusão sobre o indeferimento suprimida por pressão política.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1, MotoGP e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

O que está em jogo nos bastidores do 'duelo' Hulk vs Pérez pela vaga na Red Bull em 2021

Podcast #076 – Hamilton x Schumacher: a comparação entre os campeões da F1

Your browser does not support the audio element.