Conselho aprova parceria com WTorre para construção de Arena do Santos

Nova arena é sonho do torcedor santista (Foto: Reprodução)


Os membros do Conselheiro Deliberativo do Santos aprovaram, em reunião realizada na noite desta quinta-feira (1), a constituição de parceria para a construção da Arena Vila Belmiro. Na parte online, foram 125 favoráveis, 4 contra e uma abstenção. No presencial o projeto foi aprovado por unanimidade.

WTorre e o Peixe alinharam os detalhes da readequação do Projeto nas últimas semanas. Com a aprovação do colegiado santista, o presidente da mesa informou que a votação, agora pelos Sócios, será realizada no dia 17 de dezembro.

A equipe da WTorre começou a apresentação mostrando a linha do tempo com atualizações do Conselho Deliberativo, proposta de Captação, revisão de arquitetura, alinhamento com parceiros, comercialização, aprovação da obra e, se tudo caminhar como esperado, iniciar as obras.

A WTorre deixou claro que o estádio vai pertencer 100% ao Santos, e que os valores para construção do estádio serão levantados com vendas de cadeiras cativas, camarotes e os o investimento financeiro da própria WTorre, sem com que o Peixe coloque dinheiro.

O custo total previsto para construção é de R$ 300 milhões, com concessão da WTorre por 30 anos. Com cerca de R$ 200 milhões antecipados, como foi explicado acima (vendas de cadeiras e camarotes), a empresa informou que há um acordo encaminhado com instituições financeiras para o financiamento de R$ 100 milhões.

“Arena é do Santos, campo do Santos. Nunca deixa de ser do Santos. O que acontece é que, por 30 anos, ele da o direito de uso da superfície para WTorre. O Santos tem zero obrigação de colocar dinheiro, zero de caixa. Vai ser feito por antecipação (venda de cadeiras e camarotes) do produto e financiamento da WTorre”, disse Claudio Macedo, CEO da WTorre.

Vale destacar que os atuais donos das cadeiras cativas da Vila Belmiro permanecerão com suas cadeiras. Em shows, caso o palco seja central, a capacidade será de 35 mil pessoas. Em caso de palco no fundo (onde fica o gol), são estimadas 25 mil pessoas.

O Peixe precisará gastar, durante os anos de concessão da WTorre, com gastos com energia, segurança e manutenção no sentido geral. A Nova Vila terá cerca de 63 lojas e contará com gramado sintético, assim como a maioria das Arenas no futebol brasileiro.

Na área da imprensa, o projeto mostra a presença de quatro estúdios para TV, 24 posições escritas e duas salas de coletivas de imprensa. O público total do estádio será de 30.108 mil pessoas, com campo sem cobertura, mas arquibancada 100% coberta e gramado sintético.

Com as obras completas, o Peixe deve levar os principais jogos para a Nova Vila Belmiro, incluindo clássicos e jogos intercontinentais. Isso, segundo a WTorre, ajuda a valorizar o espaço e, em consequência, traz patrocinadores ao clube.

Informações complementares:

Área construída: 71.690,46 m²

Área comercial: 4.940 m²

Lojas externas: 36

Lojas internas: 27

Vagas cobertas: 576 Arquibancada: 13.769 (em pé)

Arquibancada: 7.652 (sentados)

Arquibancada superior: 2.605

Deck premium: 3.877 (em pé)

Deck premium: 1.146 (sentados)

Camarotes: 80 unidades: 1.060

Altura: 39m (equivalente a 13 andares)