Conselheiro do São Paulo pede que Moro investigue corrupção no futebol

Yahoo Esportes
Michel Aidar, ex-presidente do São Paulo. Foto: Gazeta Press
Michel Aidar, ex-presidente do São Paulo. Foto: Gazeta Press

Conselheiro do São Paulo, Nilton Ferreira se reuniu com o secretário-executivo do Ministério da Justiça,  Luiz Pontel de Souza, para pedir que o órgão investigue crimes de lavagem de dinheiro no futebol no âmbito dos clubes, pessoas e empresas. A informação é do jornal Folha de S.Paulo

Acompanhado de seu advogado, Nilton Ferreira, conhecido como Nilton do Chapéu, protocolou um documento com sua reivindicação e o enviou ao gabinete do Ministro Sergio Moro, que ganhou fama como juiz de primeira instância da Operação Lava Jato.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

A base para o pedido de investigação é uma ação do Ministério Público do Estado de São Paulo para investigar irregularidades cometidas pelo ex-presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, no exercício de seu mandato, entre 2015 e 2016.

Aidar foi acusado por seu então vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, de cobrar comissão para a contratação de jogadores e de ter participação indevida na negociação do zagueiro Iago Maidana, em 2015.

O defensor jogava no Criciúma antes de se transferir para o São Paulo, mas a sua transferência envolveu terceiros, o que é proibido pela legislação no futebol. Além disso, há divergências sobre o valor pago.  O clube do Morumbi foi apenas multado pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva).

Em seu pedido, Nilton do Chapéu, argumenta que a investigação do MP-SP não está conseguindo avançar nas investigações e pede ampla apuração no futebol brasileiro.

Mais do Yahoo Esportes:

Medina: ‘Não chego aos pés do Senna’
Avelar decide para o Timão e vira meme
Você conhece os times alternativos da Sula?
Disney tem seis meses para vender Fox Sports

Leia também