Conor McGregor admite ter consumido álcool dias antes de encarar Khabib no UFC

Conor McGregor é conhecido por seu comportamento e atitudes polêmicas. E, às vésperas do UFC 246, o irlandês revelou mais uma delas. De acordo com o falastrão, ele teria feito uso de bebidas alcoólicas dias antes de seu último compromisso no Ultimate. Na ocasião, em outubro de 2018, ‘Notorious’ encarou Khabib Nurmagomedov e acabou sendo derrotado.

A revelação veio em conversa com a ‘ESPN’ americana, para quem Conor também detalhou uma rotina de treinos pouco regrada para o duelo contra o campeão peso-leve (70 kg) russo. McGregor chegou a admitir que ingeriu álcool, inclusive, na semana da luta entre os dois. No entanto, o falastrão parece ter aprendido a lição, já que garantiu que sua preparação para o confronto diante de Donald Cerrone está bem alinhada.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Alguns meses atrás, há três ou quatro meses (última vez que consumi álcool). Estava bebendo na semana da luta na última vez. Tinha esse veneno dentro de mim. Não sei porque. Tinha pessoas escondidas no hotel naquela parte do mundo. Ligava para eles e arranjava uma luta. Então eles vinham do hotel para a academia e tínhamos uma briga franca. Uma luta, eu ganhava. Tínhamos uma guerra, eu vencia, nocauteava o cara e saía para comemorar, e voltava (para os treinos) só três dias depois. Você aprende algo de tudo. Aprendi muito sobre mim durante esse período. Não me entenda mal, o trabalho feito foi ótimo. Não é como se eu fosse para a academia preguiçoso ou idiota. Era tão intenso e sério como sempre, mas não me esforçava o suficiente fora da academia” relembrou Conor, antes de falar sobre os malefícios da rotina.

E isso também é uma grade parte da preparação. Você tem que ser manter focado fora (dos treinos), porque caso contrário, você não fica tão afiado. Eventualmente, já não queria mais estar ali. Ia para lá e arrumava uma briga e depois ia embora. Tudo é uma lição. Algumas partes disso foram prazerosas. Amo uma boa briga. Apenas tenho que me manter focado fora da academia, é isso. Não farei isso (erros) de novo. Estou em uma ótima posição agora. Cometi erros, e fui homem o suficiente para admitir e corrigir na época, foi o que fiz. Posso não ser perfeito, mas com boas horas de sono e uma barriga cheia, estou bem próximo disso”, completou o ex-bicampeão do UFC.

Para recuperar o prestígio de outrora, Conor entra em ação neste sábado (18), em Las Vegas. Seu confronto contra o ‘Cowboy’ servirá como luta principal do UFC 246 – card de dá as boas-vindas à temporada de 2020 no Ultimate.

Leia também