Conmebol e Uefa negociam volta de disputa entre campeões continentais

O presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, confirmou que a entidade, juntamente com a Uefa, está organizando uma tentativa de reeditar a disputa da competição entre os campeões da Libertadores e da Liga dos Campeões.

A partir de 2005, quando foi disputado o segundo Mundial de Clubes da Fifa entre times de todos os continentes (o primeiro foi em 2000, no Brasil), a partida entre os campeões dos torneios sul-americano e europeu era considerada a definitiva sobre quem era o campeão do mundo.

“Estamos conversando com a Uefa para reeditar a Intercontinental, além de uma copa entre os campeões da Liga Europa e da Copa Sul-Americana, isso a partir de agosto de 2018”, anunciou o mandatário, à rádio 1080AM, do Paraguai.

Sobre o local em que a partida será realizada, Domínguez afirmou que ainda não há certezas. “Estamos buscando os lugares possíveis, vendo estádios e patrocinadores. Mas estamos muito entusiasmados com a ideia”, finalizou o paraguaio.

A última edição do Intercontinental entre América do Sul e Europa aconteceu em 2004, quando o Porto venceu os colombianos do Once Caldas nos pênaltis, após empate por 0 a 0 no tempo normal. A disputa, como acontecia tradicionalmente, ocorreu no Japão.