Conmebol e CBF 'garantem' presença dos quatro argentinos no confronto com o Brasil pelas Eliminatórias

·1 minuto de leitura


Três dos quatro jogadores que foram ameaçados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) de deportação estão confirmados como titulares da Argentina no confronto com o Brasil. De acordo com o "ge.globo,", a Conmebol e dirigentes da CBF teriam entrado em contato com Governo Federal para contornar a situação.

O protocolo de Covid-19 teve aval de todos os países que participam das competições da Conmebol. Mesmo com a falha no preenchimento do questionário dos atletas, que não comunicaram passagem pelo Reino Unido, o caso foi contornado. O presidente da entidade sul-americana, Alejandro Dominguez, participou das negociações para garantir o jogo.

O goleiro Emiliano Martinez, o meia Lo Celso e o zagueiro Romero são titulares da partida. O meia Emiliano Buendia não foi relacionado, mas embarcou no ônibus da delegação até a Neo Química Arena.

Os quatro jogadores argentinos vão separados da delegação diretamente para o aeroporto assim que acabar o jogo para deixarem o Brasil. O acordo da AFA com os times ingleses teria estabelecido já teriam o retorno para o Reino Unido após a segunda partida. Mesmo assim, o técnico Lionel Scaloni contava com o quarteto para a terceira partida das Eliminatórias.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos