Conmebol divulga arbitragem do jogo de volta entre Santos e Boca Juniors

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
·1 minuto de leitura


Depois de polêmica de arbitragem na primeira partida, o jogo de volta das semifinais da Copa Libertadores da América entre Santos e Boca Juniors terá um dos árbitros mais experiente do continente. Wilmar Roldán será o responsável por apitar a partida, que vale vaga na grande decisão. O árbitro de vídeo será o chileno Julio Bascuñán.

Roldán foi o árbitro responsável por comandar o jogo que garantiu o Santos nas semifinais, a goleada contra o Grêmio por 4 a 1, na Vila Belmiro. Ele também esteve em outras duas partidas do Peixe na história da competição. Apitou a derrota contra o Nacional (2018) e a semifinal de 2011, contra o Cerro Porteño, que garantiu o time na final daquele ano, que acabaria com título.

O histórico do árbitro tem outros jogos importantes para Santos e Boca. Ele foi o árbitro da decisão de 2013 entre Atlético-MG e Olímpia, quando o técnico Cuca conquistou seu único título na competição, e também da derrota do Boca Juniors por 2 a 0 na final da Libertadores de 2012.

O colombiano Wilmar Roldán tem 40 anos e árbitro Fifa desde 2008. Na atual temporada, ele comandou outros cinco jogos da Libertadores, quatro envolvendo equipes brasileiras: Tigre 0x2 Palmeiras; Independiente Del Valle 5x0 Flamengo; LDU 4x2 São Paulo e Grêmio 2x0 Guaraní. Também comandou o segundo jogo entre Boca e Racing.

A carreira de Wilmar Roldán é repleta de grandes jogos. Ele já apitou três finais de Libertadores, uma de Sul-Americana e duas da Recopa, além da Copa América de 2015.