Conmebol divulga áudio do VAR em lance que culminou na anulação de gol do Boca contra o Galo

·2 minuto de leitura

A arbitragem, mais uma vez, foi questionada. E novamente pelo Boca Juniors. Na opinião do clube argentino, a eliminação nas oitavas de final da Libertadores, para o Atlético-MG, tem total relação com o apitador do duelo de terça-feira, no Mineirão. Pois a Conmebol divulgou o áudio do VAR referente ao lance mais polêmico do jogo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O lateral-direito Weigandt chegou a marcar um gol em Everson, mas, após conferência do lance, o árbitro uruguaio Esteban Ostojich acabou anulando a bola na rede por conta da posição de Diego González, que estava impedido e interferiu no movimento do arqueiro alvinegro. "O número 23 vai buscar a bola e interfere no goleiro, que não faz o gesto que deveria fazer por causa da disputa de bola. Na linha, o número 23 está fora de jogo. Perfeito, houve interferência. Vou remarcar como fora de jogo", disse o comandante da partida.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Com isso, o jogo acabou empatado em 0 a 0, mesmo resultado da semana passada, na Bombonera. Na disputa de pênaltis, o Galo venceu por 3 a 1 e avançou às quartas de final, deixando pelo caminho um rival tido como dos mais copeiros do continente sul-americano e que protagonizou um quebra-quebra no Mineirão.

Para mais notícias do Atlético Mineiro, clique aqui.

Para mais notícias do Boca Juniors, clique aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos