Conmebol adianta premiações e ajuda clubes durante crise do coronavírus

Goal.com

Vendo a dificuldade financeira dos clubes por conta da pandemia de coronavírus Covid-19, a CONMEBOL decidiu antecipar a premiação da fase de grupos da Copa Libertadores e da segunda fase da Copa Sul-Americana. Os valores liberados devem girar em torno de R$ 9,1 milhões e antecipa 60% da bonificações dos torneios.

Em nota oficial, o presidente da entidade, Alejandro Domínguez, disse que esta é uma situação que exige "respostas rápida e excepcionais. Ele apontou que a decisão tem como objetivo preservar o futebol sul-americano e para reduzir o impacto econômico da interrupção das competições. 

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Os clubes brasileiros já vêm tentando medidas para apertar os cintos no momento de crise que estão vivendo. Uma proposta foi enviada Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (FENAPAF) para tentar driblar as dificuldades que estão enfrentando, pedindo antecipação de férias e possibilidade redução de salários ou suspensão de contrato caso os campeonatos não possam retornar.

As tentativas para vencer o momento financeiro complicado estão acontecendo no mundo todo, para evitar um problema maior para o futebol. Na Espanha, por exemplo, o Barcelona adotou uma medida para aliviar as contas e na Alemanha, atletas do Bayern de Munique e do Borussia Dortmund aceitaram reduzir salários.


Leia também