Conheça Rubens Menin, mecenas do Galo e dono de uma das maiores fortunas do Brasil

Yahoo Esportes
Empresas de Rubens Menin têm valor de mercado superior a R$ 25 bilhões (Patricia Monteiro/Getty Images)
Empresas de Rubens Menin têm valor de mercado superior a R$ 25 bilhões (Patricia Monteiro/Getty Images)

Sampaoli, Mattos, Marrony, Allan, Arana, Savarino, Alan Franco, Léo Sena, Bueno... A lista de reforços do Atlético em 2020 aumenta na mesma proporção em que se pergunta de onde vem tanto dinheiro. E o questionamento tem tudo a ver com as dívidas gigantes do Galo e a dificuldade em pagar salários em dia. A explicação para tantas contratações tem nome e sobrenome: Rubens Menin.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Siga o Yahoo Esportes no Google News

De acordo com a revista Bloomberg Markets, o mineiro de 64 anos só não faz parte das habituais listas dos maiores bilionários do Brasil por opção do próprio Menin. Porque dinheiro não é problema para o engenheiro há muitas décadas. Seu patrimônio é avaliado em R$ 10 bilhões.

Leia também:

A família Menin é dona de empresas cujo valor de mercado supera os R$ 25 bilhões. A título de comparação, a holding de Leila Pereira, patrocinadora do Palmeiras, vale seis vezes menos.

Três dos pilares da economia de qualquer país estão no hall de empresas de Rubens Menin: a construtora MRV, o Banco Inter e a CNN Brasil, canal de televisão por assinatura recém-lançado por aqui. Ele ainda possui a Log, que constrói e aluga galpões comerciais em território nacional.

Os números de suas empresas impressionam. Fundada em 1979, a MRV já construiu mais de 400 mil imóveis e tem um valor de mercado de R$ 9,6 bilhões. Já o Banco Inter, criado como um banco tradicional em 1994, se tornou uma potência a partir do momento em que migrou para o mundo digital e tem um lucro líquido de R$ 11,2 bilhões.

Dono de 65% das ações da CNN Brasil, Menin promete investir R$ 700 milhões em dez anos para consolidar o nome da emissora. Já a Log, que existe desde 2009, tem um valor de mercado de R$ 3,1 bilhões.

Galo em alta: Atleticano declarado, Menin sempre esteve próximo do clube. Porém, ele nunca se dispôs a ajudar tanto como neste momento. E a virada se deu com a construção da arena, que tem tudo a ver com o engenheiro. Para começar, foi dele a doação do terreno onde ficará o estádio - o local vale R$ 49 milhões. Na sequência, Menin decidiu bancar R$ 60 milhões para adquirir os naming rights da Arena MRV.

E sua contribuição só aumenta. Sampaoli vai ter 2/3 de seu salário pago pelo mineiro, cujo investimento em reforços vai ultrapassar em breve os R$ 100 milhões somente neste ano. Ele já bancou Marrony (R$ 20 milhões), Allan (R$ 16,3 milhões), Alan Franco (R$ 13,4 milhões), Arana (R$ 11,7 milhões), Savarino (R$ 8,5 milhões), Léo Sena (R$ 4,4 milhões) e Bueno (R$ 1,6 milhão). O atacante Keno e o zagueiro Junior Alonso devem ser os próximos.

Recentemente, o dono da MRV também salvou o Atlético de perder seis pontos no Campeonato Brasileiro por causa de uma dívida na Fifa relacionada a Maicosuel. Faltavam R$ 4,4 milhões e o empresário fez o cheque.

Os mais chegados a Menin estão convencidos de que o Galo será um dos clubes mais poderosos da América do Sul nos próximos anos. E, diante de todas essas cifras, grana não faltará.

Veja mais de Jorge Nicola no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também