Conheça a dieta que ajuda Messi a se manter no topo do futebol mundial

Eles são o presente e o futuro da Albiceleste, mas os dois atacantes, que se enfrentam pela UCL, têm desenvolvido o seu talento longe de onde nasceram

Lionel Messi procurou Giuliano Poser, médico italiano, há dois anos, com o intuito de se manter em alto nível nos próximos anos de carreira. A intenção era evitar lesões e amenizar os problemas gástricos que o faziam vomitar em campo.

O médico europeu concedeu entrevista ao  Il Corriere della Sera, nesta sexta-feira (7), e explicou a sua relação com o craque argentino. Ele garante que o atleta precisou alterar os hábitos alimentares para estender a carreira.

"Messi se viu no meio de uma encruzilhada. Se queria permanecer no nível da Bola de Ouro, tinha que mudar. Não se trata de mudar a alimentação de um jogador, de uma pessoa, mas sim de ter um estilo de vida completamente novo", afirmou. 

"Não vou transformar alguém em um profissional, muito menos em um fenômeno como Messi, por comer de uma determinada forma. É óbvio, mas posso sim fazer com que siga sendo Messi por mais tempo", acrescentou.

Giuliano Poser revela ainda qual a dieta do craque e no que consiste o seu tratamento: "Digamos que o que eu faço é ‘afinar' uma máquina fantástica, aconselhando o consumo de alimentos orgânicos, com variedade de cereais crus, frutas e verduras da época, frutas secas naturais, azeite de oliva extravirgem, ovos e peixe fresco. O importante é que os alimentos sejam o menos processados o possível", comentou.

"Acredito que a relação é boa, já que nenhum dos dois fala o idioma do outro. Nos entendemos. É difícil saber a relação emocional que temos. Não sei como consegui sua confiança, mas assim tem sido. Não sou um mago, nem um bruxo ou um guru. Detesto estes rótulos. Gosto de ser considerado um médico especialista em medicina esportiva", acrescentou.