Conheça a carreira de Maurício Barbieri; ele está na mira do Santos

Maurício Barbieri é o principal alvo do Santos para 2023 (Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino)


Principal alvo do Santos para comandar a equipe na próxima temporada, Maurício Barbieri tem 41 anos e não foi atleta profissional. Ele é formado em Esporte pela USP e começou a carreira, em 2011, nas categorias de base do Pão de Açúcar Esporte Clube, que depois passou a se chamar Audax.

No final de 2013, Barbieri foi contratado pelo Red Bull Brasil. Em 2014, conquistou o vice-campeonato Paulista da Série A-2 (atrás do Capivariano) e foi promovido para a Série A do Paulistão. Ainda pelo Red Bull Brasil, Barbieri disputou a Série D do Campeonato Brasileiro em 2015, sendo eliminado na primeira fase, e a Copa Paulista de 2016, sendo eliminado na segunda fase.

Em 2017, foi contratado para dirigir o Guarani, mas foi demitido após apenas seis jogos, com uma vitória, quatro empates e uma derrota. A permanência do treinador no clube ficou insustentável após uma entrevista em que ele entrou em rota de colisão com a torcida, que vaiou o time após um empate em casa com o Velo Clube.

Depois do Guarani, Maurício Barbieri foi para o Desportivo Brasil e disputou a Copa Paulista de 2017, sendo eliminado pela Portuguesa nas quartas de final da competição.

Em janeiro de 2018, ele foi contratado como auxiliar técnico permanente do Flamengo. Assumiu a equipe após a saída de Paulo César Carpegiani e comandou a equipe até setembro, quando foi demitido para a contratação de Dorival Jr. Ele comandou o time em 39 jogos, com 19 vitórias, 11 empates e nove derrotas. Foi eliminado pelo Cruzeiro na Libertadores e pelo Corinthians na Copa do Brasil.

Em dezembro de 2018, Maurício Barbieri foi anunciado pelo Goiás, o passo seguinte foi no América-MG. Depois, CSA de Alagoas. Em setembro de 2020, Maurício Barbieri, iniciou seu último trabalho, no Bragantino. O time conquistou vaga na Copa Libertadores deste ano e foi vice-campeão da Copa Sul-Americana de 2021. No total, foram 160 jogos, com 63 vitórias, 47 empates e 50 derrotas.