Em confronto direto contra o Z4, Boa Esporte bate o Luverdense

O Boa Esporte não se intimidou no estádio no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso, e bateu o Luverdense por 1 a 0 em confronto direto contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B. Os três pontos deixaram os visitantes muito perto de confirmar a permanência na Segundona. O triunfo fez os mineiros saltarem quatro posições na tabela, assumindo a 11ª colocação, com 46 pontos, seis a mais que justamente o Luverdense, 17º e primeiro ocupante do Z4, que já tem Santa Cruz, Náutico e ABC-RN confirmados na Série C depois de 36 rodadas.

E a frustração dos mandantes na noite dessa terça se deu não apenas pelo resultado negativo. O Luverdense dominou todo o jogo, esteve sempre mais perto de marcar o gol, mas acabou pagando um alto preço pela ineficiência de seus atacantes e pela postura mais ofensiva.

Até os 20 minutos, o Luverdense já tinha criado duas grandes oportunidades de abrir o placar. E quando o Boa respondeu, em uma jogada isolada, não demorou para os donos da casa assustarem novamente em dose dupla. Primeiro o goleiro Fabrício salvou o que seria o gol de Marcos Aurélio, depois foi a vez do travessão impedir que Rafael Ratão soltasse o grito entalado na garganta.

Quando o gol parecia questão de tempo, ele veio. Mas não para o Luverdense, e sim para o Boa Esporte. Em rápido contra-ataque pela direita, Rodolfo cruzou rasteiro e Thaciano, livre, só teve o trabalho de empurrar para as redes.

Ainda antes do intervalo o Luverdense teve mais uma boa chance, mas de novo Fabrício trabalhou bem e garantiu a vantagem para o intervalo.

Na etapa final, o Luverdense passou a ter ainda mais posse de bola e nem mesmo no contra-ataque o Boa Esporte conseguia mais assustar. O problema é que a postura retrancada dos visitantes fez com que a pressão e as inúmeras oportunidades de gol do Luverdense não aparecessem no segundo tempo.

Basicamente, foram duas chances do empate acontecer. Uma no começo e outra no fim da etapa. Na primeira, Roni errou o alvo, e na segunda Fabrício defendeu chute desviado de Marcos Aurélio.

Agora, restam apenas duas rodadas para o fim da Série B. Em situação mais complicada, o Luverdense terá pela frente outro desesperado na sexta: o Guarani, em Campinas. Já o Boa Esporte receberá o Brasil de Pelotas no sábado.

FICHA TÉCNICA

LUVERDENSE 0 X 1 BOA ESPORTE

Local: Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT)

Data: 14 de novembro de 2017, terça-feira

Hora: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Heber Roberto Lopes (CBF-SC)

Assistentes: Helton Nunes (CBF-SC) e Thiaggo Americano Labes (CBF-SC)

Cartão amarelo: Geandro (Boa Esporte)

GOL: BOA ESPORTE: Thaciano, aos 41 minutos do 1T

LUVERDENSE: Diogo Silva; Aderlan, Pablo, Willian e Paulinho; Ricardo, Moacir (Roni) e Marcos Aurélio; Sérgio Mota (Léo Cereja), Rafael Ratão e Rafael Silva (Erik)

Técnico: Júnior Rocha


BOA ESPORTE: Fabrício; Paulinho, Caíque, Douglas Assis e Elivelton; Escobar, Geandro, Alyson, (Lucas Hulk) e Thaciano (Wesley); Rodolfo (Diones) e Reis

Técnico: Sidney Moraes