Confirmada a queda da Chape, Douglas fala em necessidade de 'volta da união' da comunidade

Futebol Latino
LANCE!
Vítor Silva/Botafogo
Vítor Silva/Botafogo


Não há mais escapatória para a Chapecoense que, diante do revés sofrido por 1 a 0 contra o Botafogo nessa quarta-feira (27), teve o seu rebaixamento matematicamente sacramentado.

Comentando sobre o assunto logo na saída do gramado da Arena Condá, o zagueiro Douglas demonstrou dificuldades para expressar o que sentia. Além de tentar trazer a força do torcedor para o lado do clube em meio ao sentimento de resignação com a queda.

- É um momento delicado, difícil até encontrar palavras em meio a essa situação. Nós, jogadores, lamentamos muito por deixar a Chapecoense nessa situação. Mas a Chapecoense sempre mostrou união e eu acho que esse é o momento da comunidade toda se unir novamente, reorganizar as coisas, deixar tudo nos trilhos para que a Chapecoense volte a Série A que é seu lugar para voltar a construir essa história tão bonita que ela vem construindo.

Além de ser a primeira vez que o time do interior catarinense passa por essa experiência, o decreto do triste destino ocorre em uma semana bastante emocional para o clube. Isso porque, nessa quinta-feira (28), completam-se três anos do acidente aéreo envolvendo a delegação da Chape que ia rumo a decisão da Sul-Americana de 2016 enfrentar o Atlético Nacional em Medellín,




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também