Confira quem são os jogadores cortados da Copa do Mundo até agora

Benzema faz o porta-retrato do Mundial do Catar, mas ele acabou cortado por lesão. Foto: Michael Regan - FIFA/FIFA via Getty Images
Benzema faz o porta-retrato do Mundial do Catar, mas ele acabou cortado por lesão. Foto: Michael Regan - FIFA/FIFA via Getty Images

MACEIÓ, AL (FOLHAPRESS) - A Copa do Mundo do Qatar sofreu mais uma baixa importante após a França ter anunciado, neste sábado (19), que Karim Benzema não vai se recuperar de uma lesão na coxa a tempo de disputar a competição.

Ainda nesta semana, na quinta-feira (17), o Mundial perdeu Sadio Mané, do Senegal, que não se recuperou a tempo de uma lesão na fíbula e precisará de cirurgia. Já a Argentina cortou Nico González e Joaquín Correa.

Leia também:

Quem lidera a estatística de jogadores que foram cortados do torneio é justamente a França, que já não contou com Paul Pogba e N'Golo Kanté na convocação. Antes de Benzema, a atual campeã havia perdido Presnel Kimpembe e Christopher Nkunku às vésperas do torneio.

Outra das ausências desta Copa do Mundo é a de Marco Reus, da Alemanha, mais uma vez lesionado antes de um torneio importante. O mesmo ocorreu às vésperas do Mundial de 2014 e da Eurocopa de 2021.

Além dele, Timo Werner sofreu uma lesão no tornozelo no começo de novembro e ficou fora da lista de Hansi Flick, assim como Florian Wirtz, que se recuperava de lesão ligamentar no joelho.

Diogo Jota, de Portugal, foi cortado em outubro, após ter sofrido uma lesão muscular na panturrilha em jogo do Liverpool. Giovani Lo Celso, também por problemas musculares, passou por cirurgia na coxa e é mais uma ausência da Argentina.

A Inglaterra teve problemas nas laterais, com dois jogadores do Chelsea. Tanto Ben Chilwell, que joga na esquerda, quanto Reece James, que joga na direita, tiveram de ficar fora.

Até mesmo o Brasil teve problemas, já que Philippe Coutinho se machucou às vésperas da competição. Ele era uma das opções do técnico Tite.

ATLETAS SEM CONDIÇÕES DE JOGAR A COPA POR LESÃO

- Florian Wirtz (Alemanha)

- Marco Reus (Alemanha)

- Timo Werner (Alemanha)

- Giovani Lo Celso (Argentina)

- Joaquín Correa (Argentina)

- Nicolás González (Argentina)

- Martin Boyle (Austrália)

- Alexis Saelemaekers (Bélgica)

- Philippe Coutinho (Brasil)

- José Gayà (Espanha)

- Christopher Nkunku (França)

- Karim Benzema (França)

- Mike Maignan (França)

- N'Golo Kanté (França)

- Paul Pogba (França)

- Presnel Kimpembe (França)

- Georginio Wijnaldum (Holanda)

- Ben Chilwell (Inglaterra)

- Reece James (Inglaterra)

- Amine Harit (Marrocos)

- Jesus 'Tecatito' Corona (México)

- Diogo Jota (Portugal)

- Sadio Mané (Senegal)