Confiança, em segundo tempo efetivo, bate Náutico e se recupera na Série B

Futebol Latino
·3 minuto de leitura


Tendo uma sequência recente bastante difícil de resultados negativos, o Confiança fez jus ao nome do clube e ganhou uma dose de confiança ao bater por 2 a 0 o Náutico em partida da 32ª Rodada do Brasileirão da Série B. O marcador colocou a equipe de Sergipe em 11º lugar com 42 pontos e o Timbu segue na zona de rebaixamento com 35 unidades, porém com saldo de gols inferior ao Figueirense.

>Confira e simule a tabela do Brasileiro da Série B

LÁ E CÁ

A partida apresentou muitas oportunidades de marcar onde a bola aérea era uma das principais armas usadas pelo Confiança. Foi dessa forma, inclusive, que Matheus Mancini e Reis tiveram a chance de inaugurar a contagem que não foram devidamente aproveitadas. Além disso, Guilherme Castilho (o homem que até então vinha batendo as bolas paradas) resolveu ele finalizar contra a meta de Anderson que foi bastante exigido, mandando pra escanteio.

Por parte dos pernambucanos, o nome de maior perigo ofensivo era Vinícius onde a infiltração diante dos poucos espaços que apareciam na zaga sergipana proporcionaram duas belas chances com a participação fundamental de Rafael Santos.

APERTOU E MARCOU

Começando de maneira bastante agressiva nos primeiros minutos da etapa complementar, o Confiança acertou o travessão de Anderson e forçou o arqueiro do Náutico a fazer uma defesa maravilhosa na batida de Renan Gorne.

Até que, em bola longa nas costas da defesa do Alvirrubro, Reis ganhou na disputa do arqueiro adversário e foi derrubado dentro da área, penalidade marcada pela arbitragem do paraense Dewson Fernando Freitas da Silva. Para a cobrança, o atacante do Dragão bateu no meio do gol e fez o primeiro gol do jogo em Aracaju.

FINAL TENSO

Com a partida ficando bastante truncada nos minutos finais onde os visitantes tentavam ser mais incisivos e o time da casa buscando apostar nos contra-ataques, aos 45 minutos uma falta da meia-lua defendido por Rafael Santos foi a origem de uma confusão generalizada.

Isso porque, no rebote, Álvaro caiu na grande área e todos os jogadores do Timbu reclamaram de penalidade, gerando a reação imediata do time sergipano e incitando o enfrentamento que demorou a ser separado. Como consequência, Thiago Ennes e Rafael Pereira foram expulsos.

PÁ DE CAL

Quando o confronto parecia estar encaminhado para o encerramento, Reis fez uma excelente jogada individual onde driblou o mesmo marcador duas vezes e praticamente serviu Madison do lado esquerdo do ataque. O camisa 16 do Confiança levantou a cabeç e bateu cruzado, superando Anderson e sacramentando o resultado positivo dos anfitriões.

FICHA TÉCNICA
CONFIANÇA 2 x 0 NÁUTICO - 32ª RODADA DO BRASILEIRO DA SÉRIE B

Estádio: Arena Batistão, Aracaju (SE)
Data: 4 de janeiro de 2021, às 20h
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (CBF-PA)
Assistentes: Helcio Araujo Neves (CBF-PA) e Bárbara Roberta da Costa Loiola (FIFA-PA)
Gramado: Bom
Cartões amarelos: Iago, Rafael Vila (CON) / Hereda, Anderson (NAU)
Cartões vermelhos: Thiago Ennes (CON) / Rafael Ribeiro (NAU))

GOLS: Reis (10'/2°T), Madison (52'/2°T)

CONFIANÇA (Técnico: Daniel Paulista)

Rafael Santos; Thiago Ennes, Luan, Matheus Mancini e Everton (Djalma Silva, aos 39'/2°T); Amaral (Madison, no 18'/2°T) Serginho (Rafael Vila, no intervalo), Guilherme Castilho e Reis; Renan Gorne (Jefferson Lima, aos 31'/2°T) e Iago (Alexandre Tam, aos 39'/2°T).

NÁUTICO (Técnico: Hélio dos Anjos)

Anderson; Hereda (Dudu, aos 18'/2°T), Camutanga, Rafael Ribeiro e Kevyn; Djavan (Renan Foguinho, aos 7'/2°T), Rhaldney (Jorge Henrique, aos 28'/2°T), Jean Carlos (Ruy, aos 18'/2°T) e Vinicius (Álvaro, aos 19'/2°T), Kieza e Bryan.