Conferência com históricos jogadores da LaLiga aborda temas sobre retorno do Campeonato Espanhol

João Brandão
LANCE!


A LaLiga organizou uma conferência em que os embaixadores do torneio trataram do retorno do Campeonato Espanhol e responderam perguntas de jornalistas. O LANCE! participou do evento que contou com nomes como Diego Forlán, Mendieta, Steven McManaman, Luís García, Fernando Sanz, Kanouté e Karembeu, nomes históricos que passaram pelo futebol do país.

Além de contarem sobre a importância da volta do campeonato para os jogadores, torcedores e no que tange a geração de emprego, os embaixadores comentaram sobre questões como a ausência dos torcedores dos estádios e a condição dos jogadores no retorno da LaLiga.

Fernando Sanz, ex-zagueiro do Real Madrid e Málaga, respondeu um questionamento do L! a respeito da expectativa para a volta do Campeonato Espanhol em respeito ao ritmo e intensidade de jogo após três meses sem a competição.

- Os jogadores entendem as altas expectativas dos fãs e estão trabalhando para oferecer as melhores performances. Mas os treinos têm sido limitados, em pequenos grupos, então eles podem precisar de alguns jogos para voltar ao ritmo anterior de intensidade. Eu sei que os jogadores estão treinando duro pelos torcedores.

Para Steve Mcmanaman, ex-meio-campista do Real Madrid, os elencos com mais profundidade poderão se beneficiar por conta de um calendário apertado que os times devem enfrentar.

- Os times com melhores qualidades provavelmente vão se sobressair. Nós sabemos que Barcelona, Real Madrid, Atlético e Sevilla têm os melhores times, podem fazer mudanças e colocar outros atletas de qualidade. Os times devem tentar manter seus jogadores em forma.

Diedo Forlán, ídolo no Villarreal e Atlético de Madrid, não acredita que o retorno da LaLiga será um recomeço.

- A liga já começou, vemos Barcelona e Real Madrid brigando pelo título, cinco a seis times jogando para estar na zona da Liga dos Campeões e outros lutando contra o rebaixamento. Para muitos será continuar o trabalho e terminar da melhor forma.

Luís García, histórico jogador de Barcelona, Liverpool e Atlético de Madrid, também comentou sobre a dificuldade de se jogar sem torcida e que as sensações de entrar em um Santiago Bernabéu ou em um estádio menor será estranha. Este fato pode pesar nos momentos dos jogos, como no Campeonato Alemão, em que os visitantes têm conseguido mais resultados positivos do que as equipes que jogam em casa.

A conferência também abordou outros temas do esporte, como mercado de transferências, Liga dos Campeões, mas o consenso é de que todos os embaixadores estão satisfeitos com o retorno do Campeonato Espanhol que dará o pontapé inicial no próximo dia 11 com o clássico entre Sevilla e Betis, uma das partidas mais aguardadas entre os históricos jogadores.

Vale destacar a presença do ex-volante Christian Karembeu também fez sucesso no futebol espanhol com a camisa do Real Madrid e pegou o início do time dos galáticos, além de ter jogado com o brasileiro Sávio. O francês também foi campeão do mundo em 1998.

Já Mendieta foi um meio-campista que entrou em campo mais de 300 vezes com a camisa do Valência, além de ter defendido o Barcelona no início deste século. Kanouté fez parte da história do Sevilla com quase 300 partidas, mais de 100 gols e atuou ao lado de Luís Fabiano.






















Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também