Condenado pelo assassinato da namorada, Oscar Pistorius pode receber condicional

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
LONDON, ENGLAND - AUGUST 09: Oscar Pistorius of South Africa reacts when he realises team mate Ofentse Mogawane has pulled up during the heats of the men's 4x400m relays , during the 2012 London Olympics at The Olympic Stadium on August 09, 2012 in London, England. (Photo by Ian MacNicol/Getty Images)
Oscar Pistorius durante as Paralimpíadas de Londres em 2012. Foto: (Ian MacNicol/Getty Images)

O ex-atleta Oscar Pistorius pode entrar no regime de liberdade condicional após assassinar sua namorada, a modelo Reeva Steenkamp, em 2013. O sul-africano foi condenado em 2015 para cumprir pena de 13 anos e cinco meses, mas pode reduzi-la após conversa com os pais de Reeva, Barry e June Steenkamp.

Na África do Sul, o diálogo entre as partes é uma das alternativas oferecidas antes que a justiça aceite o pedido de mudança. Desde julho, o ex-velocista já poderia alterar seu regime prisional, porém uma audiência para que a reunião entre as partes acontecesse, que estava prevista para outubro, foi cancelada.

Leia também:

Julian Knight, advogado de Oscar Pistorius, declarou que as autoridades do departamento penitenciário ainda não definiram data para a nova audiência. A justificativa dada para o cancelamento da primeira foi que "foi cancelada porque não estava disponível um relatório completo sobre o tempo de Pistorius na prisão.".

Os pais de Reeva acreditam que são a voz da modelo assassinada e que devem este posicionamento à filha. O posicionamento do casal sobre a liberdade condicional de Pistorius é desconhecido, mas poderão divulgá-lo após o encontro com o ex-atleta.

O crime ocorreu em 14 de fevereiro de 2013, quando Pistorius disparou quatro tiros contra Reeva Steenkamp. Oscar disse, no julgamento inicial, que imaginava ser um ladrão atrás da porta do banheiro e não sua companheira.

Como atleta, Pistorius conquistou seis medalhas paralímpicas, sendo quatro de ouro. O sul-africano disputou os jogos de Atenas (2004), Pequim (2008) e Londres (2012).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos