Concurso do INSS tem prova neste domingo; veja dicas de última hora

*** FOTO DE ARQUIVO *** BRASÍLIA, DF, 04.01.2022 - Fachada do Prédio da Previdência Social INSS em Brasília DF. (Foto: Antonio Molina/Folhapress)
*** FOTO DE ARQUIVO *** BRASÍLIA, DF, 04.01.2022 - Fachada do Prédio da Previdência Social INSS em Brasília DF. (Foto: Antonio Molina/Folhapress)

RIBEIRÃO PRETO, SP (FOLHAPRESS) - Neste domingo (27) ocorre a primeira etapa do concurso do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social). Conhecer bem o edital e a banca examinadora pode ajudar a evitar surpresas no dia da prova.

A avaliação terá duração total de 3 horas e 30 minutos e contará com 120 questões de múltipla escolha, sendo 50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos. Os candidatos ainda terão de responder a duas questões discursivas.

Os conhecimentos básicos abrangem perguntas de língua portuguesa, ética, direito constitucional e administrativo, informática e raciocínio lógico-matemático, enquanto as questões específicas abrangem pelo menos 21 tópicos relacionados a Previdência, seguridade social e poder público.

A prova será organizada pela Cebraspe (antigo Cespe/UnB), mesmo centro responsável pelas duas últimas edições do concurso. A banca é conhecida por questões que penalizam os chutes e os acertos por eliminação. Isso ocorre porque as alternativas devem ser classificadas como certas e erradas. Os erros dos candidatos anulam a pontuação das questões corretas.

Fernanda Helene, advogada especialista em direito previdenciário e professora no AlfaCon, comenta que as questões costumam ser distribuídas de forma equilibrada, e que os temas mais frequentes são segurados e financiamento.

Ela ainda aposta em benefícios decorrentes de legislações especiais, Regime Próprio (RPPS) e emenda constitucional da reforma da Previdência como temas que devem aparecer na prova.

Neste ano os candidatos aprovados concorrerão a uma quantidade maior de vagas, já que competem por uma gerência executiva responsável por várias agências, e não por apenas uma unidade, como nos anos anteriores. No total, 1.023.494 pessoas se candidataram às mil posições abertas pelo INSS. Os locais das provas foram disponibilizados para consulta no último dia 16.

Para especialistas o número de vagas abertas ainda é pequeno. Para eles, o INSS tem um déficit de funcionários que é evidenciado pela extensa fila de cidadãos aguardando o pagamento do benefício.

Uma novidade deste ano é que, após a prova, os candidatos participarão de um curso de formação, que será de caráter classificatório.

RECOMENDAÇÕES GERAIS

A Cebraspe pede, em edital, que o candidato chegue ao local de realização da prova pelo menos 1h antes do início da aplicação, que está marcado para as 14h.

Para evitar incômodos, é recomendável que o candidato vista roupas e sapatos confortáveis. A noite que antecede a prova deve ter pelo menos 7 horas de sono.

Fernanda Helene recomenda revisar o conteúdo antes da prova, mas de maneira equilibrada para evitar ansiedade. Manter a calma e controlar o emocional é essencial.

O QUE PODE E O QUE NÃO PODE LEVAR

O candidato precisa portar um documento de identificação com foto e o comprovante de inscrição no concurso, além de caneta esferográfica de tinta preta fabricada, obrigatoriamente, em material transparente.

Alguns objetos são proibidos durante a realização da prova. Candidatos que estiverem portando aparelhos eletrônicos como celulares, relógios e fones de ouvido correm o risco de serem eliminados.

Também não são autorizados chapéus, óculos escuros, protetores auriculares e materiais de papelaria como lápis, borracha e marca-texto.

Bebidas e alimentos não são proibidos, desde que estejam em embalagens transparentes.