Concorrência por Vojvoda faz o Vasco analisar Plano B para técnico


Juan Pablo Vojvoda é o preferido do Vasco para comandar o time em 2023. No entanto, o treinador argentino também está na mira de outros grandes clubes do futebol brasileiro, como Atlético-MG, Corinthians e o próprio Fortaleza, que propôs uma renovação de contrato. A concorrência pesada obrigou o Cruz-Maltino a pensar em outras opções e uma delas também é estrangeiro.

Trata-se do técnico português António Oliveira, de 40 anos, que comandou o Cuiabá no último Campeonato Brasileiro. O treinador já vinha sendo acompanhado pela 777 Partners e ficará livre no mercado após o dia 31 de dezembro. Ele passa férias em Portugal e deve se reunir com Paulo Bracks, que está no país para uma série de visitas a clubes de Lisboa e Porto.

+ A Copa do Mundo vai começar! Confira os jogos da primeira rodada

Vale destacar que António Oliveira surge como uma possibilidade, caso Juan Pablo Vojvoda não aceite o projeto do Vasco. Internamente a confiança é grande de que o argentino será o treinador, mas a investida do Atlético-MG dificultou a situação. Classificado para a Libertadores, o Galo está próximo de inaugurar o seu estádio e assim como o Cruz-Maltino, pretende constituir uma SAF que possibilitaria a chegada de recursos para a montagem de um time competitivo.

Vojvoda
Vojvoda

Vojvoda é o nome da vez no mercado brasileiro (Divulgação/Fortaleza)

Adaptado ao futebol brasileiro, António Oliveira chegou ao Santos em janeiro de 2020 para ser auxiliar técnico do também português Jesualdo Ferreira. Deixou o clube em agosto e foi contratado pelo Athletico-PR, em outubro do mesmo ano. Em 2021 foi técnico do Furacão até setembro. O treinador também está cotado para substituir o próprio Vojvoda no Fortaleza.