Conca bate bola com juniores, mas trio pode desfalcar o Flamengo

Paulo Victor Reis

O técnico Zé Ricardo vai escalar o que tiver de melhor à sua disposição para o clássico do próximo domingo, contra o Fluminense, pela Taça Rio. O treinador quer dar mais ritmo de jogo aos titulares, em preparação para o duelo contra o Atlético-PR, no próximo dia 12, pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores. No entanto, três jogadores são dúvidas para o Fla x Flu: o meia Mancuello, o volante Rômulo e o zagueiro Réver.

Os dois primeiros estão praticamente descartados do duelo. Ambos ficaram fazendo exercícios físicos na academia nesta sexta-feira. Rômulo está fora por causa de um incômodo muscular na panturrilha direita, enquanto Mancuello sentiu dores no joelho esquerdo no jogo contra o Volta Redonda. O zagueiro Réver treinou no campo pelo segundo dia consecutivo, mas ainda não participou das demais atividades com os companheiros. Por isso, sua presença na partida ainda é uma dúvida.

O técnico do Flamengo explicou a opção de ir com o que tem de melhor neste duelo contra o Fluminense.

- É a nossa intenção sim. Acredito que o Abel tomou a decisão (de escalar o Flu com reservas) em virtude do jogo que eles têm quarta-feira (pela Sul-Americana). Assim como a Libertadores é importante, o Abel deve pensar da mesma forma. Vamos com aquilo que temos de força máxima, desde que não tenha risco de lesão. Todos têm risco de sofrer, mas não vamos propiciar ou facilitar isso no domingo - disse o treinador, que falou especificamente sobre o caso dos jogadores.

- O Réver trabalhou no campo, não o tempo todo com o grupo, só uma parte, está em um processo diferente. Rômulo e o Mancuello ficaram na academia, amanhã faremos uma última avaliação. Acho difícil os dois jogares. O Réver ainda temos de esperar. Vamos levar para campo quem estiver 100%. Não vale a pena expor em um jogo no qual já temos a classificação garantida - explicou o técnico.

Zé Ricardo ainda lembrou a importância do clássico e falou sobre a oportunidade de observar o time do Flamengo.

- É a possibilidade de avaliarmos nossa equipe. O Fluminense tem um treinador que dispensa comentários. É uma oportunidade de enfrentar uma equipe forte, nós temos de aproveitar para preparar a nossa equipe - comentou.


CONCA TREINA COM BOLA COM JUNIORES

O meia Conca bateu bola com os juniores do Flamengo na manhã desta sexta-feira. Ele vem demonstrando evolução e está cada vez mais próximo de retornar aos jogos oficiais, mas o técnico Zé Ricardo pede calma.

- Percebemos a vontade e a motivação dele de trabalhar, isso ajuda o desenvolvimento. Ainda é prematuro fazer qualquer prognóstico, mas é importante que ele se sinta bem para ajudar na recuperação. Para todo mundo é importante ver um atleta da capacidade do Conca se recuperando. Sem pressa, sem pular etapas, não é mais um garoto, para voltar na sua plenitude - ponderou o treinador.

















E MAIS: