Competição estudantil migra para o digital e quer ser a maior do Brasil

LANCE!
·3 minuto de leitura


A pandemia confinou milhões de brasileiros em casa. Sem opções de lazer ao ar livre. Sem esporte. Para manter crianças e jovens em segurança em meio a pandemia de Covid-19, lares, clubes e instituições de ensino se viram obrigados a manter as portas fechadas. Pesquisa realizada com 500 famílias, entre 29 de setembro a 01 de outubro aponta que 72% das crianças não praticaram atividade física durante o período de isolamento.

Nesse contexto, natural seria o cancelamento da Liga NESCAU. Afinal, como manter uma competição esportiva que em 2019 reuniu mais de 13 mil estudantes durante o período de confinamento? A resposta veio associada a palavras como reinvenção, revolução, conexão. A Liga 2020 não só vai acontecer, como será maior, agora com abrangência nacional em função de ser 100% digital e gratuita. A expectativa é atingir 50 mil participantes e se consolidar como a maior competição estudantil do país.

A Liga NESCAU® é destinada a meninos e meninas de 8 a 16 anos, será até 12 de dezembro e as inscrições já estão abertas no site oficial do evento (www.liganescau.com.br/). Serão 15 modalidades, nove convencionais (atletismo, ballet, basquete, futebol, ginástica, judô, skate, vôlei e xadrez) e quatro adaptadas (ginástica, futebol, basquete e ballet), além de dois desafios que serão tanto individuais como para toda a família, com dança, tênis de mesa, futmesa, badminton, boxe, bocha, torcida em casa, entre outros.

Para se adaptar a nova realidade, a Liga NESCAU 2020 será disputada no ambiente digital. Uma adaptação necessária em nome da saúde, na qual a tecnologia tem papel fundamental. Para a nova edição, ela conta com uma Vila Olímpica totalmente virtual, que permite navegação em 3D e interatividade para toda a família. As datas das disputas variam de acordo com a modalidade e a plataforma possui uma interface adaptada para crianças com necessidades especiais, como conteúdo em libras e áudio descrição. Para conferir todos os detalhes, basta acessar o site oficial da liga (www.liganescau.com.br).

- Transformar a Liga NESCAU em um evento digital já era um desejo da marca, mas em 2020, o desejo precisou se transformar em realidade. E, em três meses, transformamos um evento 100% físico em 100% digital, triplicando seu alcance: de 13 mil para 50 mil crianças por todo o país. Queremos que as crianças possam se manter ativas mesmo estando em casa, porque entendemos que não há barreiras para o incentivo ao esporte - explica Abner Bezerra, Head de Marketing de NESCAU e Bebidas da Nestlé Brasil.

A Vila NESCAU® concentra, ainda, uma série de conteúdos educacionais, como dicas de práticas esportivas, curiosidades e depoimentos dos embaixadores da marca: o ídolo do futsal Falcão; o jogador de basquete Yago; a ginasta Flávia Saraiva; a atacante Tandara do vôlei; a paratleta Verônica Hipólito e a nadadora Etiene Medeiros.

Nesse espaço on-line ficarão registrados os vídeos com atividades propostas. Em função da impossibilidade de realizar disputas de forma presencial, a competição será por meio de atividades feitas em casa, nas quais os atletas gravam vídeos e enviam para análise de uma equipe técnica. Os melhores avançam até a disputa do título.

Além das atividades regulares, como, por exemplo, cumprir determinados fundamentos do basquete em uma disputa de habilidades, a cada semana, novos desafios são divulgados na página oficial da Liga e redes sociais de NESCAU. Após analise da comissão julgadora, os resultados serão exibidos aos sábados, com transmissão on-line que contará com diversas atrações. São os chamados "sabadays", que foram criados para que toda a família participe.