Companheiro de Pelé por nove anos, Mengálvio se despede do Rei nas redes sociais

Mengálvio postou foto ao lado de seu mais famoso companheiro de time (Foto: Reprodução/Instagram)


Mengálvio, companheiro de Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé, por nove anos entre 1960 e 1969, se despediu do mais conhecido companheiro de equipe no que ficou conhecido como o 'maior time de todos os tempos', o Santos que acumulou títulos naquela década.

Por meio de suas redes sociais, Mengálvio não segurou a emoção ao comentar a despedida de Pelé.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.


- Não acredito que você se foi negão !!! Hoje não é só o futebol que está de luto e sim o MUNDO todo! Agradeço a Deus por ter sido privilegiado em te conhecer como pessoa, de jogar e fazer uma linda história no futebol com você meu grande amigo. Negão, você estará sempre em minha memória e coração! A imagem que guardarei de você será igual essa acima, sorrindo e feliz. Descanse em paz Rei.

Melgálvio e Pelé conquistaram juntos pelo Peixe seis campeonatos paulistas (1960, 1961, 1962, 1964, 1965 e 1967), cinco campeonatos brasileiros (1961, 1962, 1963, 1964 e 1965), duas Copas Libertadores (1962 e 1963) e dois Mundiais de Clubes (1962 e 1963).

Além dessa vasta galeria, a dupla também participou da conquista pela Seleção Brasileira da Copa do Mundo de 1962, no Chile, da Copa do Mundo.

Com a despedida de Pelé, Mengálvio é um dos poucos remanescentes do chamado 'ataque dos sonhos', como foi apelidado a linha ofensiva do Peixe que marcou época no futebol. O outro integrante vivo daquele esquadrão foi Pepe, o 'Canhão da Vila'.

+ Morre Pelé, Rei do Futebol e tricampeão do mundo pela Seleção Brasileira, aos 82 anos
+ Rei será velado na segunda, na Vila Belmiro; sepultamento já está definido pela família
+ Família quer pedir aposentadoria da camisa 10 ao Santos como homenagem ao Rei
+ Hospital aponta falência múltipla de órgãos como causa da morte de Pelé