'Como voltar a treinar com corpos sendo empilhados em frigoríficos?', diz Rizek, sobre coronavírus


O apresentador André Rizek, do "Grupo Globo", afirmou, nesta quarta-feira, que não se sente confortável falando de esportes em meio à pandemia de coronavírus. No programa "Seleção SporTV", o jornalista questionou a volta dos treinos "com corpos empilhados em frigoríficos". Para ele, ainda não é prudente retornar, neste momento, com esportes.

– O que a gente tem no cenário europeu é o governo pedindo calma para as federações. Aqui no Brasil é ao contrário. O governo brasileiro está estimulando essa volta, até como um sinal de volta à normalidade. O alerta, porém, que a gente tem no Brasil, é que estamos dois meses atrás na pandemia em relação aos europeus. Então, basta a gente seguir um cronograma - palpitou ele, que concluiu:

- Eu me sinto até mal em falar de volta do futebol, volta à normalidade. Como é que a gente vai voltar a treinar, a ter jogo, mesmo com portões fechados, com os corpos sendo empilhados em frigoríficos?

No Brasil, o número de casos confirmados já se aproximam de 80 mil pessoas infectadas, com 5.446 mortes confirmadas no país - um aumento de 449 óbitos em 24 horas -, segundo dados atualizados desta quarta-feira.







Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também