Como Sampaoli ajudou Rodrygo a cair nas graças de Zidane

Com inegável poder de adaptação, jovem atacante chegou ao Real Madrid preparado para jogar pelo lado direito
Com inegável poder de adaptação, jovem atacante chegou ao Real Madrid preparado para jogar pelo lado direito

Zinedine Zidane está encantado com os primeiros passos de Rodrygo no Real Madrid. Contratado do Santos por 45 milhões de euros, o jovem atacante brasileiro não tardou a mostrar um impressionante poder de adaptação. Dentro e fora de campo. Uma postura que teve participação especial de Jorge Sampaoli.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste o serviço por um mês grátis!

Recém-chegado ao Peixe no começo de 2019, o treinador argentino rapidamente tirou a promessa de apenas 18 anos da "zona de conforto": o lado esquerdo do ataque, onde havia ganhado destaque nas temporadas anteriores. Colocou-o para jogar mais aberto pela direita, sendo então obrigado a fortalecer os lances de "pé trocado", visto que é destro. 

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Mais do que buscar o melhor rendimento, Sampaoli fez isso, sabe a Goal, pensando exatamente em aproveitar Rodrygo na melhor posição para que pudesse ter maiores possibilidades de triunfar na Europa. Sábia escolha. Até o momento, Zidane tem utilizado o ex-santista essencialmente pelo lado direito. Já são cinco gols em sete jogos oficiais pelo time principal.

"Rodrygo mostrou que está preparado para jogar no Real Madrid, fazer parte da equipe. Teve as suas oportunidades e se saiu bem. Não me surpreende. Apesar de jovem, ele tem energia e deseja progredir", destacou o francês, na última segunda-feira, na véspera do duelo com o PSG, no Santiago Bernabéu, na Liga dos Campeões.

O "extracampo" do camisa 27 dos merengues também tem sido determinante. Chegou a Madrid, por exemplo, dominando um pouco a língua espanhola, um conselho que, na verdade, nem precisou ser - mas foi - reforçado por Jorge Sampaoli. Desde o início das negociações com o Real, o atacante, juntamente com familiares e empresários, traçou um detalhado plano de carreira que reuniu diversos aspectos, entre eles prepararação técnica, física e também psicológica.

Valorizado, Rodrygo não só ganhou a confiança de Zinedine Zidane como também tem levado a melhor na disputa com o compatriota Vinicius Junior, antes xodó do treinador, que nem sequer foi convocado para os dois últimos jogos da equipe merengue (contra Real Sociedad, no sábado, na Liga Espanhola, e PSG, nesta terça-feira, na Liga dos Campeões). 

De quebra, mas não menos importante, o jogador revelado pelo Santos já entrou nas contas de Tite na Seleção Brasileira, sendo chamado para os amistosos diante de Argentina e Coreia do Sul. Participou nos dois confrontos, tendo começado sempre no banco de reservas.

Leia também