Como o São Paulo vira exemplo para Corinthians superar Mirassol

Stats Perform News

Ao vencer o Red Bull Bragantino por 2 a 0 nas quartas de final do Campeonato Paulista, o Corinthians se classificou para a próxima fase, tendo o Mirassol pela frente. Para se preparar para o jogo, o Timão tem em mente que o adversário eliminou o São Paulo, favorito ao título, em pleno Morumbi. 

O momento pré-paralisação indicava um cenário totalmente diferente do que está acontecendo. O São Paulo de Fernando Diniz parecia estar no caminho certo para encerrar um jejum de anos sem um título, enquanto o Corinthians corria o risco de ser rebaixado no estadual. Porém, o futebol não é lógico e o Timão deu a volta por cima e é quem segue com chance de título após a classificação no Morumbi, mesmo onde o Tricolor foi eliminado.

Para chegar ao tetracampeonato, o Corinthians ainda tem alguns passos para dar, e o primeiro dele é passar pelo Mirassol. Para não correr o risco de cair na ideia de que, por ser um dos grandes do estado, por ter uma "camisa pesada", vai passar com facilidade pelo time do interior, o Timão tem um bom exemplo de como não é assim que as coisas funcionam.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O Mirassol chegou à semifinal eliminando o São Paulo, gigante paulista e favorito ao título, com uma vitória por 3 a 2, na casa do Tricolor, mesmo depois de perder 18 jogadores durante a paralisação. E o elenco alvinegro tem isso em mente na preparação para o confronto.

"Temos o exemplo do São Paulo, disse o volante Ederson à TV Bandeirantes, após a vitória contra o Red Bull.  Para o mais novo queridinho da Fiel, o caminho para superar o Red Bull é não cometer o mesmo erro do São Paulo: dar espaço para o Mirassol jogar. "Não podemos dar brechas. Temos que jogar o próximo jogo como estamos jogando. Conseguimos o resultado dessa forma. Um time muito unido, fechado e, quando tiver as oportunidades, aproveita", explicou.

Ramiro foi outro a mencionar a eliminação do rival em entrevista após a classificação: "Da mesma forma que eles conseguiram desclassificar o São Paulo, eles podem fazer um grande jogo contra a gente também", disse ao SporTV

O camisa 8 ainda procurou afastar o favoritismo de time grande que tem sido depositado sobre o alvinegro: "As quatro equipes que chegaram na semis chegaram por mérito, e tanto nós quanto eles vamos brigar da mesma forma para chegar na final", disse relembrando que o próprio Corinthians era considerado zebra no Paulistão, junto com a Ponte Preta, outra semifinalista. 

Além disso, Corinthians e Mirassol se classificaram com campanhas semelhantes na fase de grupos, ambos terminaram com 17 pontos, quatro vitórias, cinco empates e três derrotas e cinco gols sofridos, mas o Mirassol ficou com vantagem nos gols marcados: 11 a 10.

Em busca da vaga na grande final, as equipes se enfrentam na Arena Corinthians no domingo (2), às 16h (de Brasília). O outro finalista sai do confronto entre Palmeiras x Ponte Preta, também no domingos, às 19h (de Brasília). 

Leia também