Como o Barcelona vai jogar sem Neymar?

Neymar não viajou para Madrid. A estrela brasileira é uma ausência importante no El Clásico e para o Barcelona, dada a importância deste confronto, que tem como objetivo vencer para seguir sonhando com o título da La Liga. 

E a pergunta que fica é: Como Luis Enrique vai montar o time sem Neymar? Com a lesão de Rafinha, veja como as três principais alternativas que a Goal propõe.

Arda Turan: o turco chegou ao Barcelona como um dos principais reforços para osigenar a equipe no meio-campo. Seu talento demonstrado no Atlético de Madrid foram as credenciais para a sua transferência para o Camp Nou. 

Sergi Roberto: o jogador versátil pode voltar à sua posição natural no meio de campo, deixando o lado direito que tem ocupado por mais necessidade.

Paco Alcácer: embora o ex-jogador do Valencia tenha somado muitos minutos até marcar o primeiro gol, o que pode ter minado a sua confiança, não deixa de ser um atacante com experiência na La liga e com faro de gol. É uma opção nada descartável.


GFX RM Barcelona

Primeira alternativa: com todos esses ingredientes, o Barcelona pode apostar no Santiago Bernabéu com um incrível 3-5-2, com Alcácer compartilhando o ponto de ataque com Luis Suárez e Lionel Messi, à frente de um núcleo preenchido por quatro homens e onde Sergi Roberto volta à sua posição de origem, no meio-campo. A defesa seria igual, com Luis Enrique introduzindo a variente de três defensores.

Segunda alternativa: por outro lado, o Barcelona pode entrar com um esquema mais convencional, um 4-3-3, compartilhando o tridente Messi e Suárez com Alcácer, e à frente do meio de campo de costume, onde Sergi Roberto seria um lateral-direito em uma defesa de quatro homens com Jordi Alba na esquerda, o grande beneficiário neste sistema.

GFX Barcelona XI