Como Guardiola fez o City 'tirar' o brasileiro Yan Couto do Barcelona

Goal.com

Yan Couto é, certamente, uma das promessas do futebol brasileiro que carrega consigo mais expectativas para o futuro. O jovem de apenas 17 anos foi um dos destaques da campanha do Brasil na Copa do Mundo sub-17 e atraiu olhares de times como Barcelona, Manchester City, Bayer de Munique e Borussia Dortmund. Com os dias contados no Coritiba, o atleta assinou contrato com o Manchester City e revelou os bastidores da negociação e o papel fundamental que Guardiola teve.

"Eu tive uma boa conversa com o Barcelona e achei que eu jogaria lá, mas o Manchester City apareceu e me mostrou como as coisas seriam lá. A princípio eles queriam um empréstimo imediato, mas depois falei com Guardiola. Ele disse que eu faria a pré-temporada com o time principal e a partir dali só dependeria de mim. Guardiola foi muito atencioso e disse que estava muito feliz por eu estar indo ao clube. Foi a melhor decisão para mim", revelou Couto à ESPN.

Ele também comentou sobre sua relação com o Coritiba, clube que diz torcer e confessou que não esperava uma reviravolta dessa em sua carreira tão cedo.

"Eu sou torcedor do Coritiba desde pequeno. Meu sonho quando eu era menor era ser profissional pelo Coritiba. Eu realmente queria uma temporada completa no futebol brasileiro, mas infelizmente não funcionou dessa forma. Eu vi que poderia alcançar grandes coisas e estou realizando um sonho de jogar na Europa", comentou o lateral-direito do Coxa.

Yan se tornará oficialmente jogador do Manchester City no dia 01 de Julho de 2020. A transferência do jovem foi avaliada em 6 milhões de euros (cerca de R$ 36 milhões), podendo chegar a 12 milhões de euros (aproximadamente R$ 72 milhões) em bônus e metas a serem alcançadas.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também