Como funciona o refeitório da Vila Olímpica: saltador mexicano faz vídeo com tour pelo local

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Saltador Rommel Pacheco apresentou o Refeitório Olímpico (Foto: Adrian Monroy/Medios y Media/Getty Images)
Saltador Rommel Pacheco apresentou o Refeitório Olímpico (Foto: Adrian Monroy/Medios y Media/Getty Images)

Em tempos de engajamento nas redes sociais, cada novidade é dinâmica e pode se tornar um trending topic. As Olimpíadas de Tóquio, com todos os protocolos para o funcionamento dos Jogos apesar da pandemia, potencializaram isso ainda mais. Um exemplo disso foi a confusão entre a goleira Bárbara com a paratleta Andréa Pontes

Mas, se temos exemplos negativos, também existem coisas boas. O ponteiro Douglas Souza, do Brasil, usa ativamente as redes sociais para apresentar a sua rotina, as brincadeiras e a vivência de um atleta olímpico. 

Leia também:

A irreverência também faz parte do saltador mexicano Rommel Pacheco, que resolveu matar a curiosidade de quem gostaria de saber como funciona o refeitório da Vila Olímpica. Em um vídeo bem editado, o saltador apresentou, primeiro, a visão que ele próprio tem do refeitório, direto do seu quarto na Vila.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Foram apresentados os protocolos, as zonas de alimentação divididas em tipos de comidas ou por país, além da área para quem possui restrições alimentares. Há também as seções de doces e, lógico, as frutas. 

No vídeo, é possível perceber que os atletas até sentam aproximados, mas há uma barreira de proteção para que não se prolifere o vírus da Covid caso alguém esteja infectado.

O refeitório principal está retratado na Vila Olímpica e Paraolímpica de Tóquio 2020, em Tóquio, Japão, em 20 de junho de 2021.
O refeitório principal está retratado na Vila Olímpica e Paraolímpica de Tóquio 2020, em Tóquio, Japão, em 20 de junho de 2021. (Foto: REUTERS/Kim Kyung-Hoon)

Rommel ainda não competiu em Tóquio. A primeira prova dele está marcada para segunda-feira (2), às 3h (Brasília) no trampolim 3 metros. No Instagram, a "visita" à Vila Olímpica passa de 14 mil curtidas e 60 mil visualizações.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos