Como funciona a parceria do SP com a Câmara Árabe

·1 minuto de leitura
Presidente do São Paulo, Julio Casares assina parceria com o embaixador Osmar Chofi (Reprodução)
Presidente do São Paulo, Julio Casares assina parceria com o embaixador Osmar Chofi (Reprodução)

O São Paulo realizou na manhã desta segunda-feira um Webinar para apresentar aos torcedores a parceria com a Câmara Árabe de Comercio. Ainda assim, o acordo entre as partes gerou uma série de dúvidas. Por exemplo, há quem afirme nas redes sociais que o Tricolor terá direito a investimentos de milhões de reais.

Mentira. Neste primeiro momento, não há qualquer centavo envolvido no projeto. A ideia do São Paulo é a internacionalização de sua marca nos 22 países de origem árabe no mundo. 

Leia também:

O Tricolor quer se aproximar de um dos três maiores parceiros comerciais do Brasil, num mercado que movimenta US$ 12 bilhões por ano. "A ideia é estabelecer relacionamento e gradativamente prospectar futuros negócios", explica Camilla Prando, diretora de relações internacionais do São Paulo.

A crise mundial causada pela pandemia da Covid-19 atrapalha neste momento o surgimento de parcerias com muito dinheiro envolvido. De qualquer maneira, o São Paulo se aproxima dos árabes com tal projeto.

O Webinar desta segunda-feira contou com as presenças do presidente do clube, Julio Casares, do diretor de marketing Eduardo Toni, de Cafu como convidado especial, além de uma série de representantes da Câmara Árabe de Comércio.

“O objetivo do acordo é contribuir para o desenvolvimento de um programa de mútua cooperação. Nós estimularemos não apenas um maior reconhecimento do São Paulo Futebol Clube pelos países árabes, como incentivaremos a criação de laços de amizade que vão muito além do futebol e a geração de negócios entre brasileiros e os 22 países que compõem a Liga Árabe”, explica o presidente da Câmara Árabe, Osmar Chohfi.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos