Como foi a última decisão de Campeonato Mineiro entre América e Atlético?

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A decisão do Campeonato Mineiro 2021 começa amanhã. Às 16h de Brasília, América e Atlético travam a primeira baralha dos dois jogos. Essa é a quarta final protagonizada pelas equipes e conta com um fator curioso: desempate.

Até aqui, são dois títulos para cada lado: Galo venceu em 1999 e 2012; enquanto o Coelho levantou a taça nos anos de 2001 e 2016. Ou seja, quem triunfar assumirá a dianteira.

Você lembra qual foi o 'roteiro' da partida que aconteceu em 2016? Nós te ajudamos.

Fim do jejum

Quem lembra do argentino? | Pedro Vilela/Getty Images
Quem lembra do argentino? | Pedro Vilela/Getty Images

Você já deve ter feito as contas, certo? Na grande decisão daquele ano, o Coelho vivia um jejum de 15 anos sem títulos do Mineirão. Na partida de ida, a equipe de Givanildo Oliveira venceu por 2 a 1, com dois gols do herói da decisão: Danilo Barcelos. Atualmente no Fluminense, o lateral-esquerdo saiu do banco para fazer história. Lucas Pratto descontou pelo Galo de Diego Aguirre, e teve até pênalti perdido por Robinho.

No jogo de volta, bastava ao América segurar o empate. E assim aconteceu. Mas quem imagina que não teve emoção está completamente enganado. Foi uma decisão absolutamente dramática. O Atlético até saiu na frente com Clayton, mas coube a Danilo brilhar de novo e balançar as redes aos 36 minutos do segundo tempo. O resultado estava sacramentado.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Se não bastasse a emoção do duelo, dois expulsos na finalíssima: Tiago Pagnussat pelo Galo, e Alison representando o Coelho.

Escalação e público gigante

Claro que a final lotou o Mineirão. A partida de volta, que aconteceu no dia 8 de maio de 2016, colocou quase 50 mil pessoas no estádio e arrecadou mais de R$ 1 milhão.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Por fim, você lembra quais eram as escalações na ocasião? Tenta se esforçar por aí e deixa para checar o gabarito depois, viu?

Escalação inicial do Atlético-MG: Victor, Carlos Cesar, Tiago, Erazo e Douglas Santos; Rafael Carioca, Júnior Urso e Marcos Rocha; Hyuri, Carlos e Lucas Pratto.
Entraram no decorrer do jogo: Edcarlos, Robinho e Clayton.

Danilo Barcelos está no Fluminense atualmente. | Alexandre Schneider/Getty Images
Danilo Barcelos está no Fluminense atualmente. | Alexandre Schneider/Getty Images

Escalação inicial do América-MG: João Ricardo, Artur, Alison, Sueliton e Bryan; Leandro Guerreiro, Claudinei, Danilo Barcelos e Osman; Rafael Bastos e Victor Rangel.
Entraram no decorrer do jogo: Jonas e Borges.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos