Como conversa com técnico em 2014 mudou carreira de Harry Kane

Harry Kane em ação na Copa do Mundo. Foto: Sebastian Frej/MB Media/Getty Images
Harry Kane em ação na Copa do Mundo. Foto: Sebastian Frej/MB Media/Getty Images

Harry Kane entra em campo neste sábado (10) pela Inglaterra para seu décimo primeiro jogo em Copas do Mundo tentando repetir a campanha de 2018 quando levou os ingleses a uma semifinal pela primeira vez desde 1990.

O artilheiro da Copa da Rússia é hoje um dos atacantes mais completos do mundo, fazendo muitos gols pela seleção inglesa e pelo seu time, o Tottenham, mas também participando da criação de muitos outros. A parceria com Son Heung-min no clube inglês fez dos dois a dupla de maior sucesso no futebol inglês, entre gols e assistências de um para o outro.

Leia também:

Na seleção sua presença também indiscutível, mas talvez se não fosse uma conversa com o treinador argentino Mauricio Pochettino, comandante do Tottenham por cinco anos. Em setembro de 2014 o treinador recém-chegado ao clube deixou Kane no banco em uma partida e o jogador procurou o técnico e seus assistentes para questionar os motivos e dizer que merecia jogar mais.

Foi então que Pochettino mostrou a Kane vídeos de suas partidas, apontou erros e pontos de melhoria. O técnico também mostrou ao jogador as estatísticas dele em campo, que provavam que ele não deveria jogar mais, se fosse o bem da equipe.

Pochettino acreditava no potencial do jogador, mas fez Kane entender que ele ainda precisava se desenvolver mais antes de se firmar na equipe. Harry Kane então trabalhou em sua parte física, ficou mais forte e começou a participar mais do jogo. Mais completo nos fundamentos de passe e finalização, aliados à sua nova condição física, o jogador logo se firmou como titular do Tottenham, e começou a ser reconhecido como um dos melhores atacantes da Premier League e do mundo.

Em sua segunda Copa do Mundo pela Inglaterra, Kane encontra nas quartas-de-final a França de Mbappé e Griezmann, a atual campeã do mundo e que faz um mundial bastante regular quando utilizando seu time titular. As duas se enfrentam nesse sábado (10), às 16h (horário de Brasília), buscando uma vaga na semifinal, fase que ambas jogaram em 2018.