Como comprar um notebook?

·25 minuto de leitura
Como escolher o melhor notebook? Foto: Samsung/Divulgação
Como escolher o melhor notebook? Foto: Samsung/Divulgação

Escolher um notebook pode parecer, a princípio, uma tarefa complicada para quem não entende de computadores. Seja para uso pessoal, a trabalho ou para estudar, ter um equipamento rápido e que atenda às suas necessidades é essencial para cumprirmos as tarefas do dia a dia. Se você não sabe como escolher o notebook ideal para o seu caso, não se preocupe! Vamos te ajudar!

Entender as funcionalidades e especificações de um notebook é um passo a mais na hora de decidir qual modelo é o melhor para você. Apesar de ter opções com custo mais baixo, nada melhor do que saber onde melhor investir o seu dinheiro. Placa de vídeo? Memória RAM? GPU? Vamos te explicar, de forma simplificada, os componentes de um notebook e tirar de vez as suas dúvidas.

Leia também:

Sistema operacional

O sistema operacional de um notebook é um programa que permite o uso de um computador, nos dando acesso aos seus recursos e oferecendo uma interface, ou seja, de que maneira suas funções e tais recursos nos são apresentados. Unix, Linux, Mac OS e Windows são exemplos de sistemas operacionais. Cada um deles com suas características de layout, funções e integração bem definidas. O sistema operacional Mac OS, por exemplo, é exclusivo dos notebooks da Apple e não funciona em nenhum outro equipamento.

Design

Muitas pessoas não acreditam que o design de um notebook é um fator decisivo para escolher o melhor modelo. Porém, devemos prestar atenção em todos os detalhes de um computador antes de comprá-lo. No design, o peso, as dimensões de tamanho da máquina e outras características devem ser levados em consideração.

Peso

Notebooks mais leves podem ser transportados com maior facilidade. Se você deseja usar o computador em casa, seja para lazer ou para cumprir tarefas básicas de sua rotina, o ideal é que você escolha um modelo de até 2,2 quilos. Se o seu caso é trabalhar de casa, um notebook com uma tela maior e com maior resolução (explicada abaixo) trará um peso maior, de até 2,7 quilos.

Dimensões

As dimensões de um notebook englobam a altura, largura, profundidade, além do peso. Há diversas opções de tamanhos de computadores, variando de 11 polegadas, para equipamentos menores, até 17 polegadas para portáteis maiores. Lembre-se que quanto maior a tela, mais pesado seu notebook.

Possui cooler?

Se você já possui ou trabalha com um notebook, sabe que a máquina pode ficar superaquecida dependendo de quantas horas de uso. O superaquecimento, algo comum de acontecer com qualquer eletrônico, pode afetar a performance do computador e fazer com que ele “estrague” mais rápido. Algumas opções de notebooks já integram um cooler, uma espécie de "ventilador" para controlar a temperatura interna dos computadores e evitar a sobrecarga de calor. Nem sempre os coolers já integrados em seu notebook dão conta de controlar a temperatura da máquina, mas é possível comprar coolers externos para ajudar a resolver esse problema. Há diversos modelos, de preços variados, nas lojas virtuais.

Flip and fold - 2 em 1

Os notebooks têm funcionalidades cada vez mais tecnologias e as opções flip and fold, também conhecidas como 2 em 1, transformam o computador em um tablet. As vantagens desse tipo de modelo são a mobilidade, que facilita o manuseio do equipamento, a versatilidade, já que oferece novas possibilidades para o computador, baterias de longa duração e a tela touch, que oferece novas interações com aplicativos.

Apesar dos benefícios, os notebooks conversíveis, como também são chamados, podem custar bem mais que os modelos mais tradicionais. É possível também que os modelos 2 em 1 tenham menor armazenamento, além de que o peso do notebook pode não ser leve se você segurá-lo com as mãos como um tablet, por exemplo.

“A tela sensível ao toque proporciona uma versatilidade única desses produtos, com uma interação mais rica com aplicativos que estejam preparados para essa tecnologia. Como ponto negativo podemos citar que o peso do produto não é o mesmo de um tablet, chegando a pesar de 2 a 3 vezes mais que esse e que dependendo da utilização do produto, isso pode não ser o mais indicado ao que o usuário necessita. Então, para se avaliar se o investimento vale a pena ou não, deve-se analisar a utilização do notebook, isto é, se a característica touch screen agregará valor ao propósito da utilização do notebook pelo usuário e assim ele poderá decidir se vale a pena ou não investir um pouco mais de dinheiro na compra de um produto com essa funcionalidade”, afirma Samuel Rodegheri, diretor de Negócios Computador Consumo da Positivo.

Teclado destacável

Algumas marcas, como a Asus, oferecem notebooks com teclado destacável, ou seja, sem que a tela e o teclado sejam fixos. Isso traz a possibilidade de usar o teclado com maior distância do notebook, trazendo maior conforto para quem quer se afastar da tela.

Tela

Seja para assistir um filme, ler notícias, ver vídeos no YouTube ou analisar planilhas, a tela também é um fator decisivo na hora de comprar um notebook. Sua resolução e densidade de pixels, por exemplo, podem afetar a qualidade do conteúdo que você consome.

Resolução

A resolução da tela define a qualidade do que você vê no computador. Quanto mais pixels, ou seja, mais pontos na tela, mais definida a imagem. As telas em resolução HD são as mais simples e baratas, geralmente com 1366 pixels de largura e 768 de altura. Já as Full HD oferecem 1920 pixels de largura com 1080 pixels de altura e são mais caras. Em certos modelos de notebooks, com preços elevados, é possível ter uma resolução de tela de 4K, ou seja, 3840 pixels de largura e 2160 de altura.

Densidade de pixels

A densidade de pixels é definida pela relação entre o tamanho e a resolução da tela. Para se chegar a esse valor, é calculada a quantidade de pixels existente em cada polegada da tela. O resultado é a concentração medida em pixels por polegadas, ou, também conhecida como pixels per inch (ppi, em inglês).

Revestimento anti-reflexo

Se você trabalha em locais bem iluminados pela luz natural, seja em casa ou em um café, por exemplo, o revestimento anti-reflexo, também conhecido como camada fosca, é ideal para o seu notebook. Ele permite que seja mais fácil enxergar o que é exibido no computador, evitando reflexos e sem interferência da luz do sol.

Tamanho de tela

Como já falamos antes, o tamanho da tela de um notebook interfere diretamente no peso, preço e performance do notebook. A tela é um dos componentes que mais consome energia do equipamento. Se você trabalha com edição de imagens e vídeos, ou se você é um gamer, telas maiores podem facilitar nas suas tarefas e jogos.

Tela sensível ao toque

Além dos Smartphones e tablets, há também notebooks com telas sensíveis ao toque, ou seja, touch. Além do tamanho, as telas com essa funcionalidade consomem mais bateria e os modelos são bem mais caros. Um dos pontos positivos é a possibilidade de uso de uma caneta digital para design e edição de imagens, o que aumenta a produtividade de quem está usando.

Display LED com retroiluminação

As opções de notebooks com telas em LCD, sigla para Display de Cristal Líquido, dependem somente de uma lâmpada para iluminar a tela inteira, o que acaba dificultando a criação de um bom contraste entre as cores claras e escuras nas partes distintas da imagem em exibição. Porém, o que vai diferenciar cada tipo de tela é a forma de sua retroiluminação, podendo ser LED ou CCFL. 

A retroiluminação é a maneira de iluminação usada em um monitor LCD. Os displays que são retroiluminados por LED são fabricados de duas maneiras: iluminação lateral ou escurecimento local. As opções com iluminação lateral possuem LEDs nas bordas da tela, que iluminam de fora para dentro. Já as opções com regulação local utilizam uma série de LEDs na parte da tela, o que otimiza a capacidade de contraste do display. O escurecimento local é capaz de oferecer a melhor qualidade de imagem. Porém, a iluminação de perímetro, como também é conhecida, geralmente é mais fina.

Brilho

Nesse ajuste, você vai regular a intensidade da iluminação da tela. O brilho da tela do notebook deve ser ajustado de forma correta para não prejudicar sua visão. O ambiente em que você vai usar o notebook também deve ser levado em conta. Dê preferência para um local bem iluminado e que não o façam forçar a vista para ver o que está na tela do computador.

Taxa de contraste

A relação de contraste serve para definir a variação do brilho máximo que a tela pode produzir com uma imagem branca e o brilho mínimo quando essa imagem é escura. Dessa forma, a melhor taxa de contraste é aquela que apresenta as maiores diferenças entre o preto e o branco, ou seja, os tons mais escuros e claros exibidos na tela. A taxa de contraste é geralmente representada como 800:1 ou 1200:1, por exemplo. Quanto maior o primeiro número da taxa, há mais variações entre os tons escuros e claros, trazendo imagens muito mais detalhadas.

Performance

Memória RAM

A memória RAM é usada no curto prazo, ou seja, guarda as informações usadas nos processamentos dos programas e arquivos abertos enquanto o notebook está ligado. Quando se reinicia um computador, os dados da memória são apagados. Se você precisa usar vários programas de forma simultânea, uma memória RAM alta é necessária para dar conta de tantos softwares, abas e processos abertos.

Um modelo com memória RAM de 4GB é capaz de cumprir tarefas mais simples, como o uso de navegadores de internet, como o Firefox e o Chrome, editor de texto e reprodução de vídeos. Porém, para evitar que seu notebook fique lento, é aconselhado que você mantenha poucos programas abertos ao mesmo temp

Os notebooks de 8GB de RAM são indicados para quem precisa de uma eficiência maior no dia a dia. É possível usar programas mais pesados, como editores de imagem e vídeo, a maior parte dos jogos atuais e deixar mais tarefas abertas simultaneamente. Para quem precisa de ainda mais espaço ou trabalha com softwares ainda mais pesados, como programas de engenharia ou jogos mais avançados, recomenda-se um notebook com 16GB de RAM ou até mais. Vale ressaltar que quanto maior a memória RAM, mais caro é o computador.

Memória DDR

“Memória RAM (Random Access Memory - Memória de acesso aleatório) é a memória utilizada pelo sistema operacional e softwares de forma temporária, somente enquanto o computador está ligado. É uma memória muito mais rápida que o HD ou o SSD, e por isso ela é utilizada para se carregar os dados dos dispositivos de armazenamento permanente para que os dados sejam tratados de forma mais rápida pelo processador. Já DDR (double data rate) é uma tecnologia de memória RAM na qual os dados são lidos em dobro a cada ciclo de clock, ou seja, cada vez que a memória oscila uma vez para trocar dados, dois dados são transferidos ao invés de somente um. Todas as memórias utilizadas em computadores hoje são do tipo DDR, em suas diversas versões e padrões (DDR3, LPDDR3, DDR4, LPDDR4, etc)”, explica o porta-voz da Positivo.

Processador

O processador, também chamado de CPU, é o cérebro do computador. Ele é o responsável por comandar todas as tarefas, ações e funções de um notebook. Se o equipamento não possui um bom processador, espera-se que ele não funcione da maneira que se espera. Quanto melhor um processador, mais rápido ele vai responder aos seus comandos e ele também poderá lidar com um maior volume de processamentos, ou seja, mais tarefas e programas abertos. A maior parte dos modelos de notebooks têm processadores Intel Core i3, i5, i7 e i9. Quanto melhor o processador, mais caro é o notebook.

Como escolher um bom processador para notebook?

Os processadores Intel Core i3 são os mais simples. Eles são mais indicados para quem vai usar as tarefas básicas do notebook, ou seja, edição de arquivos leves, como textos, planilhas simples, streaming de vídeos e lives, uso de redes sociais, entre outros.

O Intel Core i5 é definido como uma opção intermediária. Além de oferecer mais rapidez para tarefas básicas, o processador pode trabalhar com programas mais exigentes do que o i3, como editores de imagem, programas de cálculo e jogos mais pesados.

O i7 é considerado um modelo avançado da Intel, e suporta programas pesados, como editores de vídeos, softwares de cálculos complexos, e o i9 é definido como o top de linha disponível atualmente.

O Core i9 é indicado para profissionais que utilizam programas extremamente pesados, como a produção de animações em 3D, ou também aqueles que desejam jogar as opções de última geração lançadas no mercado, como games em 4K.

Velocidade RAM

A velocidade de RAM é a capacidade de transferência de dados do seu computador. Quanto maior a velocidade, mais rápido o seu notebook pode guardar e recuperar as informações da memória.

Memória Flash

A memória flash é usada como um chip de memória do notebook, que guarda as informações por longos períodos e sem precisar de uma fonte de energia.

Armazenamento interno

O armazenamento interno do notebook se refere ao disco rígido do equipamento. No HD são guardadas as aplicações e demais conteúdos, como fotos, vídeos, documentos e outros tipos de arquivos. Quando você instala um programa, por exemplo, é no HD que ele é armazenado. O HD é diferente da memória RAM. A RAM é quem comanda o desempenho do computador e executa as tarefas.

Velocidade da CPU

A velocidade do processador do notebook é um dos pontos mais importantes para ser levado em conta na hora da compra. A CPU, ou seja, o cérebro do computador, deve funcionar corretamente. É ela quem interpreta as instruções dos programas. Quanto mais rápida a velocidade, maior a capacidade de processar informações rapidamente e sem parar.

Slot para memória externa

O slot para memória externa funciona como uma extensão do HD. Com um cartão de memória, você pode aumentar o armazenamento interno de seu notebook.

Tamanho máximo de memória

Um dos dados mais importantes na hora de escolher um notebook é saber a capacidade máxima de memória RAM que a máquina pode suportar. Essa informação é necessária, por exemplo, para saber se é o caso de comprar ainda mais memória. O sistema operacional do Windows, por exemplo, pode ser de 32 bits ou 64 bits (confira a explicação abaixo).

Sistema operacional 32 ou 64-bits

Com certeza você já viu o termo de “computador de 32 bits ou de 64 bits”. Essa definição está relacionada à arquitetura do processador e do sistema operacional de um determinado notebook. Ou seja, a maioria dos processadores disponíveis hoje em dia são capazes de interpretar dados e instruções de 64 bits ou de 32 bits. É muito comum que os programas e softwares possuam versões compatíveis com ambas as arquiteturas. A principal característica que deve ser levada em conta é a quantidade de memória do notebook. Em um sistema operacional de 32 bits, ele é capaz de ler "apenas" 4 GB de RAM. Já a versão de 64 bits consegue ler, em teoria, 128 GB de RAM ou até mais.

Velocidade turbo do clock

De acordo com a Intel, “a velocidade do clock mais alta indica uma CPU mais ágil”. Esse indicador mede o número de ciclos por segundo executados pela CPU, em GHz (GigaHertz).

Turbo GPU

A GPU é uma unidade de processamento assim como a CPU, mas ela é direcionada para atividades gráficas, como jogos, editores e exibição de vídeos.

Velocidade clock de GPU

A velocidade do clock da GPU aponta a velocidade dos núcleos de uma unidade de processamento gráfico, também conhecida em inglês como graphics processing unit. A função desses núcleos é processar gráficos. Ou seja, quanto maior é a velocidade do clock da GPU, mais rápido a renderização. O clock do notebook é medido em megahertz (MHz). Uma GPU rápida é procurada por aquelas pessoas que necessitam de um computador capaz de suportar edição de vídeos, jogos e outras tarefas que precisam de um bom processamento de imagens.

Placa de vídeo

A placa de vídeo, também conhecida como GPU, é responsável pelo processamento gráfico. É ela quem tem a capacidade de ler e exibir as imagens no seu notebook. A GPU é uma unidade de processamento assim como a CPU, mas ela é direcionada para atividades gráficas, como jogos, editores e exibição de vídeos.

Conectividade

A conectividade de um notebook diz respeito às formas que o computador pode se conectar com outros equipamentos, Wi-Fi, Bluetooth, HDMI, entre outras opções.

Padrões de USB

A sigla USB significa, em inglês, Universal Serial Bus. Esse tipo de conexão permite o uso de outros equipamentos no notebook sem a necessidade de instalação de programas, ou seja, usando apenas a conexão pontual por meio de um cabo. Por meio da entrada USB, é possível usar mouses, teclados externos, conectar máquinas fotográficas, Smartphones, pen drives, entre outros acessórios, no computador. Fique atento aos tipos de USB que o notebook suporta. O plugue USB-A é o tipo mais comum, sendo encontrado, principalmente, em pen drives. Há também outros conectores como o USB Mini-A, Micro-A, USB-B, Mini-B, Micro-B e USB-C. Cada um é encontrado em diferentes tipos de equipamentos. Confira quais tipos de entradas USB seu notebook possui.

HDMI

A single HDMI significa High-Definition Multimedia Interface, ou seja, em tradução literal, Interface Multimídia de Alta Definição. Esse tipo de conexão é de áudio e vídeo é feita por meio de um único cabo específico para esse formato. O HDMI faz a transferência de vídeo entre um notebook e um monitor ou TV com alta definição. Esse tipo de conexão é encontrada na maior parte de notebooks, netbooks, TVs, monitores e projetores.

Wi-Fi

A conexão Wi-Fi, também conhecida como wireless, ou seja, sem fio, é a mais conhecida. Esse tipo de conexão se refere a qualquer conexão que não envolva transmissão de informações por meio de cabos ou fios. Com o Wi-Fi, é possível conectar o notebook à internet, impressora, mouse, fones de ouvido e outros acessórios, sem a necessidade de um cabo.

Bluetooth

O Bluetooth também é uma conexão de transferência de dados sem o uso de fio. Ela funciona por meio da frequência de rádio de curto alcance, de no máximo 100 metros. Esse tipo de conexão permite a transferência de arquivos de imagem, áudio, vídeo, documentos de texto e outras informações entre dois aparelhos. Para que a transmissão ocorra, a conexão Bluetooth dos dois equipamentos deve estar ativada.

Conexão RJ45

O conector RJ45 recebe esse nome por possuir oito fios no total. Esse cabo é o modelo padrão e universal para conexões Ethernet, ou seja, qualquer rede de Internet.

Conexão thunderbolt

A conexão Thunderbolt é um padrão de comunicação desenvolvido em parceria pela Intel e a Apple. Ela é geralmente utilizada em interfaces para conexão entre computadores e dispositivos como, por exemplo, HDs externos e monitores, e proporciona uma velocidade de até 40 GB por segundo.

Airplay

Também conhecida como espelhamento de tela, essa tecnologia permite a transmissão, sem fio, entre dispositivos de áudio, vídeo e também telas de dispositivos. Se você está assistindo uma série ou filme, por exemplo, no Smartphone, é possível espelhar a tela em uma Smart TV.

Mini displayport

O DisplayPort, conhecido também como DP, foi um padrão criado pela Video Electronics Standards Association para substituir os antigos VGA e DVI como uma interface de transferência de dados, entre um equipamento para outro dispositivo de reprodução. Ainda que o HDMI seja o tipo mais comum, ele não é um substituto do DP ou vice-versa. O DisplayPort pode ser considerado para gamers, já que a interface da conexão suporta a tecnologia G-Sync da Nvidia, ou também para pessoas que trabalham com vários monitores ao mesmo tempo.

Conector VGA

O cabo VGA é um tipo de conector, mais antigo, entre computadores e monitores ou TVs. Ele é composto pelas versões macho e fêmea e é responsável por transmitir imagens de um computador para a TV ou outro tipo de monitor. Diferente do HDMI, o VGA não é capaz de transmitir áudio.

Recursos

Além de todos os tipos de memória, velocidades, possibilidades de conexões, os notebooks também vem acompanhados de recursos como câmeras, leitores de impressão digital, microfones, GPS, alto falantes, reconhecimento facial, entre outros. Confira abaixo as especificações geralmente encontradas nos modelos mais atuais.

Conector de 3.5mm para fones de ouvido

Esse tipo de conector também é conhecido como P2. Sua entrada/saída permite que você conecte fones de ouvido ou microfones no notebook.

Câmeras e megapixels

A maior parte dos notebooks já possui uma webcam, ou câmera, integrada. Com ela, é possível gravar vídeos, tirar fotos e também fazer transmissões ao vivo, como em reuniões online ou em redes sociais. Sua qualidade é definida por meio da quantidade de megapixels, ou seja, quanto maior o número, melhor a qualidade da imagem transmitida.

Leitor de impressões digitais

Com o avanço das tecnologias, é possível cadastrar a sua digital para acessar o computador. Esse tipo de recurso é uma alternativa para quem não deseja mais usar senhas para acessar seu usuário no notebook ou também permitir o funcionamento de determinados programas que necessitem da autorização do administrador da máquina.

Microfones

Além da entrada P2, anteriormente explicada, cada notebook também pode vir com um microfone embutido no computador. Ele pode ser usado sem a necessidade de cabos ou acessórios externos.

GPS

Muitos notebooks possuem o modo de localização por meio do GPS, sigla conhecida como Sistema de Posicionamento Global. Com esse recurso, é possível rastrear a localização de seu equipamento, em caso de roubo ou perda, ou também utilizá-lo em aplicativos como mapas.

Giroscópio

Os giroscópios são utilizados em instrumentos como as bússolas, por exemplo. Quando colocados em um equipamento, como um notebook ou celular, os sensores de eixo são capazes de informar exatamente para qual direção o produto está se movendo.

Acelerômetro

Os acelerômetros estão presentes em diversos, como tablets e celulares. Eles são usados para detectar a inclinação de um equipamento. Com a inclinação, é possível que seu notebook mude a interface e interaja com o aplicativo conforme os movimentos do equipamento.

Leitor de CD e DVD

Alguns modelos de notebooks, como as versões mais recentes dos Macbooks, da Apple, não possuem leitor de CD ou DVD. Como a maior parte dos softwares e programas podem ser instalados sem o uso desse equipamento, os CDs e DVDs caíram em desuso. Preste atenção se o modelo que você procura possui esse tipo de entrada. Se o seu notebook não possui, há a possibilidade de comprar um leitor externo e conectá-lo por meio de um USB.

Comandos de voz

Os comandos de voz podem ajustar diversas funções do seu notebook. No Windows, por exemplo, é possível executar aplicativos, selecionar itens, corrigir palavras, rolar a página, pressionar teclas do teclado, entre outros recursos, apenas com a voz. O reconhecimento de fala pode estar disponível somente para alguns idiomas como inglês, francês, alemão, japonês, mandarim, português e espanhol. Confira quais idiomas o comando de voz de seu notebook suporta.

Reconhecimento facial 3D

A tecnologia de reconhecimento facial está presente em muitos equipamentos além dos Smartphones. É possível acessar o seu notebook usando esse tipo de recurso. Você pode desbloquear programas e acessar contas com essa função.

“Os produtos com reconhecimento facial e leitura de digital tornam o dispositivo mais seguro na medida em que somente o usuário cadastrado é autorizado a desbloqueá-lo, enquanto que para produtos sem essa tecnologia qualquer pessoa com a senha do computador pode utilizá-lo. Outra grande vantagem é que o usuário não precisa ficar memorizando todas suas senhas, ele pode associar suas senhas a sua digital ou a sua face e tornar o processo de acesso a sites, redes sociais, etc, muito mais simplificado. A desvantagem é que essas funções encarecem o produto e que nem todos os usuários terão necessidade de se utilizar esses recursos”, ressalta Rodegheri.

Dicas para escolher um notebook bom e barato

Com a grande variedade de modelos de notebooks disponíveis no mercado, encontrar uma opção boa e barata pode parecer uma tarefa complicada. Para te ajudar, listamos algumas dicas para escolher um bom equipamento com um bom preço, que caiba dentro do seu bolso.

Games, trabalho, estudo ou dia a dia? Tenha conhecimento de quais tarefas seu notebook irá performar. Se você busca um computador para jogos ou trabalha com edição de vídeos é importante que ele tenha uma boa placa de vídeo, processador e memória RAM. Se seu trabalho ou estudo, seja na escola ou faculdade, demanda funções mais simples de um computador, é possível encontrar um modelo mais barato.

“Em primeiro lugar, [analise] a configuração (processador, memória RAM, armazenamento), que é o que vai definir a capacidade de processamento do computador, ou seja, quais são os softwares que o notebook será capaz de rodar. Em segundo lugar, o tamanho da tela e formato do notebook (tradicional ou 2 em 1), que servirá como base para definir melhor a utilização do produto e por último os atributos periféricos do notebook, tais como bateria (duração), webcam (definição de imagem) e/ou outra característica especial que o usuário esteja interessado”, aconselha Rodegheri.

Defina uma faixa de preço para o equipamento que você deseja encontrar. Dessa forma, é mais fácil de afunilar a busca em sites de compras e consultar somente os modelos que cabem no seu orçamento.

Pesquise! Pode parecer perda de tempo, mas a pesquisa é essencial para encontrar um notebook bom e barato. Procure modelos em diferentes marcas e sites de compra. Confira as promoções disponíveis e leia as avaliações de clientes que já compraram o produto.

Confira os notebooks mais bem avaliados

Notebook Lenovo Ultrafino Ideapad S145 i3

Design mais fino e compacto, tela infinita e touchpad único. Os alto-falantes com certificação Dolby Audio permitem aumentar o volume sem distorcer os sons. A tela permite maior flexibilidade para ajustar o ângulo de visão com mais segurança e prevenir danos na dobradiça do notebook. Com 4GB, expansível até 20GB. Armazenamento de 1TB. Tela antirreflexo.

Leia a avaliação de um cliente:

“Esse notebook é maravilhoso. No quesito design, é 10, fino e leve como é prometido. O seu desempenho é ótimo, e atende as minhas necessidades para os estudos Uso no dia a dia, ainda estou em fase de adaptação e não tenho do que reclamar. Deu algumas travadas por causa do navegador, desinstalei e instalei novamente e agora e espero que não trave mais. O teclado é confortável. Adorei o fato da tela inclinar a 180°, já que já tive muitos problemas com dobradiças. A única coisa que deixa um pouco a desejar é a bateria, mas nada que atrapalhe muito. No mais, recomendo o notebook, sim. Ele é maravilhoso, as configurações são suficientes para que vai utilizar para estudos.”

Notebook Lenovo Ultrafino Ideapad S145 i3 por R$3.499,00

Clique aqui para comprar

Samsung Book E30 Intel® Core™ i3

O modelo possui molduras finas e tela ampla, com processador Intel i3 de 10ª geração. O HDD e os compartimentos de memória permitem que você aumente a capacidade do seu dispositivo ou amplie facilmente a memória. Placa de vídeo Intel UHD Graphics com tela 15.6" FHD LED antirreflexiva. O notebook pesa 1.94 quilos. Possui conexão sem fio com Smart TVs Samsung.

Leia a avaliação de um cliente:

“Eu não tenho absolutamente nada o que reclamar. É um notebook muito veloz. Em poucos segundos após ligar ele já está pronto para uso e roda todos os aplicativos muito bem. A bateria dura muitas horas, apesar do meu uso intenso. A tela é fantástica, enorme e com bordas finas, de uma resolução incrível. Assistir vídeos é maravilhoso. Se você é uma pessoa exigente com qualidade de imagem como eu, essa não vai desapontar nem um pouco. O som é muito potente. A volume máximo parece uma caixa de som dependendo da mídia reproduzida. O teclado é fininho e excelente para digitação. Além de tudo isso, o notebook tem um design muito bonito. Com toda certeza fiz a escolha certa.”

Samsung Book E30 Intel® Core™ i3 por R$ 3.099,00

Clique aqui para comprar

Notebook Vaio FE14 Intel Core i3 8ª geração

Projetado com uma tela de 14” Full HD ultra estreita. O modelo, de 4GB, 256GB SSD, com peso de 1.55 quilos, possui componentes de última geração, como uma memória DDR4 - 2400MHz e um SSD NVMe, capazes de entregar todos os recursos que você precisa para executar com facilidade e qualidade inúmeras tarefas profissionais simultaneamente. Bateria com polímero de lítio 37Wh de alta capacidade e duração de até 7 horas.

Leia a avaliação de um cliente:

“O computador é muito leve, bem fininho, a bateria tem uma duração excelente e é super rápido. A minha única observação é sobre o teclado que poderia ser mais sensível ao toque. Recomendo.”

Notebook Vaio FE14 Intel Core i3 8ª geração por R $3.699,00

Clique aqui para comprar

Notebook 2 em 1 Positivo Duo C464C

O notebook 2 em 1 oferece uma nova experiência de trabalho e diversão, com a versatilidade que você precisa para acompanhar a sua rotina. Alterne entre notebook, tablet, base ou tenda e escolha a forma que atenda melhor suas necessidades. Estrutura leve e fina é muito fácil de transportar e cabe perfeitamente na sua bolsa ou mochila. Equipado com Tela Full HD de 11.6” e tecnologia IPS para excelente qualidade de imagem e maior ângulo de visão. Bateria de longa duração garante autonomia. Faça anotações, assine documentos e abuse da criatividade em desenhos diretamente na tela.

Leia a avaliação de um cliente:

“Fino com funcionalidade de tablet. Ótimo custo benefício. Será usado para escola do meu filho e sua configuração para esta finalidade está ok.”

Notebook 2 em 1 Positivo Duo C464C por R$ 2.059,83

Clique aqui para comprar

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos