Como chinês virou bicampeão olímpico no tênis de mesa após estratégia de 'bar e bebida'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Chinês Ma Long foi bicampeão olímpico no torneio individual de tênis de mesa (Foto: Steph Chambers/Getty Images)
Chinês Ma Long foi bicampeão olímpico no torneio individual de tênis de mesa (Foto: Steph Chambers/Getty Images)

O chinês Ma Long fez história no tênis de mesa nesta sexta-feira: o mesa-tenista se tornou o primeiro bicampeão olímpico da modalidade na história. O ouro em Tóquio veio com uma vitória por 4 sets a 2 diante do compatriota Fan Zhendong.

Mas quem vê Ma Long no lugar mais alto do pódio mal sabe que ele adotou uma estratégia curiosa para se tornar um dos maiores nomes já vistos no tênis de mesa: bebidas alcoólicas.

Leia também:

Pode parecer estranho se tratando de um atleta do mais alto rendimento, mas Ma Long realmente precisou recorrer a um drink para superar adversidades em certo momento da carreira. Em 2016, o então chefe da equipe chinesa de tênis de mesa fez a surpreendente revelação.

"Duas coisas são as mais importantes para Ma Long: uma é que quando a pressão se torna muito alta, ele tem que ir a um bar e tomar alguma bebida alcoólica. A outra é distraí-lo com uma conversa", disse Liu Guoliang à agência de notícias AFP.

"Ele precisa relaxar um pouco porque a pressão que põe nele mesmo é muito rigorosa e dura", acrescentou.

Mas não pense que Ma Long saía por aí cometendo excessos de bebedeira. A ingestão de bebida alcoólica pelo atleta era "de forma moderada", explicou Guoliang.

Isso passou a ser parte da "preparação" de Ma Long depois que a pressão e autocobrança influenciaram em seu desempenho. Em 2012, por exemplo, ele não conseguiu se classificar para as disputas individuais do tênis de mesa nos Jogos Olímpicos de Londres. À época, ele já contava com resultados expressivos na modalidade.

O ponto de virada veio com essa nova estratégia. Ma Long retomou a boa forma e foi ouro no torneio individual do tênis de mesa no Rio de Janeiro, em 2016. Nesta sexta-feira, ele conquistou o inédito bicampeonato olímpico.

O chinês pode ainda aumentar a galeria de conquistas olímpicas. A partir de domingo, ele inicia a disputa por equipes no tênis de mesa, torneio que já venceu em outras duas ocasiões (Londres-2012 e Rio-2016).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos