Comissão técnica do Santos tenta motivar elenco após nova eliminação

·1 minuto de leitura


O começo de temporada ruim do Santos, tendo em vista um elenco tão jovem, pode ser utilizado como combustível para uma volta por cima. Pelo menos essa é a opinião do auxiliar técnico do Santos, Márcio Araújo, que falou com a imprensa após a derrota por 3 a 1 para o Barcelona, no Equador.

- A vida nem sempre é como a gente quer. No futebol tem vitórias e derrotas, eu penso que não podemos desanimar. Não podemos ser tão eufóricos quando tudo caminha bem, mas também não pode ficar tão para baixo quando as coisas estão indo mal. Precisamos ver o que precisa ser melhorado. Muitas vezes crescemos no momento difícil. Mas o Santos é muito grande e não vai parar - aponta o auxiliar.

A temporada santista vem sendo marcada por fracassos até aqui. Dentro de campo, o time foi eliminado na primeira fase do Campeonato Paulista, e chegou a flertar com um possível rebaixamento no estadual. Na Copa Libertadores, o Santos foi eliminado na Fase de Grupos da competição. A única vez que esse fato aconteceu na história do Peixe foi em 1984.

Sem muito tempo para lamentar, o Santos estreia no Campeonato Brasileiro no próximo sábado, às 20 horas, contra o Bahia, em Pituaçu. A expectativa é que o atacante Marinho se reapresente na Bahia junto com o restante do grupo.