Comissão Atlética de Kansas oferece mais transparência no sistema de avaliação dos juízes

AgFight

Após observar de longe as diversas decisões controversas dos juízes responsáveis por julgar as lutas do UFC 247 – realizado no último sábado (8), em Houston (EUA) -, a Comissão Atlética de Kansas, responsável por regular os eventos de MMA no estado americano, resolveu fazer uma mudança importante em seu sistema de avaliação. Em entrevista à emissora americana ‘ESPN’, Adam Roorbach – comissário de boxe de Kansas – anunciou que a entidade fará experimentos com a ‘pontuação em tempo real’, a partir do dia primeiro de março deste ano.

Com a nova medida implementada pela Comissão Atlética de Kansas, a pontuação marcada pelos juízes será divulgada publicamente após cada round. Com isso, lutadores, treinadores, equipe de transmissão e os fãs poderiam ser informados em ‘tempo real’ sobre o placar dos combates. No entanto, Roorbach revelou que a novidade será opcional e não precisará ser utilizada caso uma organização de MMA assim decida. Além disso, o dirigente afirmou que a Comissão será flexível e deixará nas mãos da promoção organizadora do evento a escolha de quem receberá a divulgação das avaliações dos jurados.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Eu venho de fora do mundo dos esportes de combate, mas eu tenho sido um fã de esportes durante minha vida inteira. Sempre me deixou confuso o porquê lutadores e fãs não sabem qual é o placar até o fim (da luta). Ninguém nunca me deu uma boa explicação para isso”, declarou Adam Roorbach.

O primeiro evento que utilizará o placar em ‘tempo real’ será o ‘Invicta FC: Phoenix Series 3’, que está marcado para o dia 6 de março, no ginásio ‘Memorial Hall’, na cidade de Kansas City, no estado do Kansas (EUA). À ‘ESPN’, Shannon Knapp, presidente do Invicta FC – evento voltado para o MMA feminino -, demonstrou apoio a tentativa de melhorar o esporte implementada pela Comissão Atlética.

“Se nós pudermos ajudar de algum jeito a alavancar o esporte em uma direção positiva, é isso que nós queremos – vamos tentar”, declarou Shannon Knapp.

Alvo de críticas há muitos anos, o sistema de pontuação do MMA e, consequentemente, os juízes responsáveis por marcar as papeletas, parece chegar próximo ao seu fim como conhecemos. As inúmeras decisões controversas apontadas pelos jurados no último sábado, durante o UFC 247, em especial na luta principal do evento, entre Jon Jones e Dominick Reyes, foram questionadas por grande parte da comunidade das lutas. A medida do placar em ‘tempo real’ pode significar mais transparência e ser o primeiro passo para a completa revitalização do sistema utilizado atualmente.

Leia também