Comissários da F1 vão analisar na quarta reclamação da Renault contra Racing Point

AFP
Carro da Racing Point, pilotado pelo alemão Nico Hulkenberg, durante o treino classificatório para o GP da Inglaterra
Carro da Racing Point, pilotado pelo alemão Nico Hulkenberg, durante o treino classificatório para o GP da Inglaterra

Uma reunião de comissários encarregados de examinar a reclamação da Renault F1 contra o rival Racing Point será realizada na quarta-feira, de acordo com fontes presentes no Grande Prêmio da Inglaterra neste domingo.

Segundo as fontes, caso uma decisão seja tomada neste encontro, ela só será anunciada oficialmente sete dias depois.

A Renault apresentou uma queixa à Federação Internacional de Automobilismo (FIA) contra vários elementos do carro Racing Point deste ano, alegando que eles foram plagiados do monoplaza da Mercedes que venceu o campeonato do ano passado.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Apelidados de 'Mercedes rosa' (por causa da cor de seu patrocinador), os carros da Racing Points mostram uma evidente semelhança com os da Mercedes, e seus resultados desde o início da temporada melhoraram consideravelmente.

Depois do Grande Prêmio da Estíria, em 12 de julho, e da Hungria, em 19 de julho, a Renault registrou reclamações contra a Racing Point, especificamente em relação ao sistema de refrigeração dos freios dianteiro e traseiro usados pela equipe britânica.

A equipe francesa também considera que houve trocas de dados e design entre a Mercedes e o Racing Point.

Com a mudança nos regulamentos, o Racing Point não tem mais o direito de utilizar informações de outras equipes para desenvolver suas próprias peças.

Tanto o Racing Point quanto a Renault podem recorrer da decisão tomada pelos administradores técnicos da FIA.

Leia também