Comentaristas da ESPN detonam diretoria do Flamengo por tentar manter campeonato: “Beira o mau-caratismo”

Yahoo Esportes
Jogadores do Flamengo posam para foto na partida contra Portuguesa-RJ pelo Campeonato Carioca 2020 com o Maracanã de portões fechados por conta do coronavírus. Foto: Thiago Ribeiro/AGIF
Jogadores do Flamengo posam para foto na partida contra Portuguesa-RJ pelo Campeonato Carioca 2020 com o Maracanã de portões fechados por conta do coronavírus. Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

O tema coronavírus dominou também os debates esportivos. O programa da ESPN “Linha de Passe” dessa segunda-feira, 16, discutiu a paralisação dos campeonatos por todo o Brasil. Os comentaristas Gian Oddi e Mauro Cezar Pereira criticaram fortemente os dirigentes do Flamengo por defenderem a continuidade do Campeonato Carioca, com o término da fase de grupos da Taça Rio, por questões financeiras.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Siga o Yahoo Esportes no Google News

“Esses dirigentes do Flamengo eles pensam como empresários, que só pensam em dinheiro, dinheiro e dinheiro. Isso não é uma defesa, é uma crítica. É um absurdo. É óbvio que quando o Flamengo defendeu isso, foi pensando no faturamento que vai cair porque não vai jogar. Essa hoje tem que ser uma situação menor, até porque hoje muitos clubes estão em situação pior e não tiveram essa postura. Nota zero para os dirigentes do Flamengo com relação a essa postura”, disse Mauro.

Leia também:

Além de não aliviar para os cartolas rubro-negros, Gian Oddi também criticou a postura do presidente Jair Bolsonaro por minimizar a gravidade do surto de coronavírus. “Para mim, o mais estarrecedor de tudo é a postura do Flamengo na reunião, tentar continuar o campeonato. E eu acho inacreditável por como são os dirigentes do Flamengo. Porque, ao contrário do presidente da República, que é um irresponsável, mas é um irresponsável ignorante, quase uma limítrofe, os dirigentes do Flamengo têm conhecimento, cultura e inteligência, então nada justifica a postura desses dirigentes de tentarem manter o campeonato porque eles sabem muito bem quais são as possíveis consequências. É uma diretoria desumana”, disparou.

Na sequência, Oddi lembrou do imbróglio envolvendo os garotos mortos no incêndio do Ninho do Urubu e classificou a situação como “mau-caratismo”. “Já se mostrou e tem se mostrado uma diretoria desumana no caso dos Garotos do Ninho e volta a se mostrar uma diretoria desumana e que pensa em dinheiro e planilha do Excel. Pensam em títulos e são competentes nisso, são competentes em ganhar dinheiro, mas na hora que você tá falando de gente, os caras são terríveis. Para mim, beira o mau-caratismo isso, não é possível”, desabafou o jornalista.

O Flamengo foi diretamente afetado pela pandemia do Covid-19, já que o vice-presidente Maurício Gomes de Mattos está internado em Brasília após ser diagnosticado com o vírus. O técnico Jorge Jesus fará uma nova contraprova após o primeiro teste ter dado “inconclusivo”. 

Em reunião na última segunda-feira, 16, os clubes decidiram suspender o Campeonato Carioca por 15 dias para evitar a disseminação do novo coronavírus.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também