Com Willian fora, Corinthians fala em 'tratamento desigual' da Anvisa

Após alerta da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o jogador Willian não jogará a partida deste domingo entre Corinthians e Atlético-GO, que marcaria a sua reestreia pelo time paulista. Em nota, o Sport Club Corinthians afirmou que sempre cumpriu com as medidas sanitárias, mas que "se reserva o direito de protestar quanto ao tratamento desigual dispensado pelo órgão".

A Anvisa alertou o ex-atleta do Chelsea e do Arsenal de que ele deveria cumprir quarentena após passar um tempo na Inglaterra. 

"O Sport Club Corinthians Paulista esclarece que, em observância à portaria 655/21 da Anvisa... o atleta Willian não irá a campo para a partida deste domingo, em Goiânia, contra o Atlético-GO", afirmou o Corinthians em nota.

Leia também:

No sábado, a Anvisa disse que o jogador, que chegou ao clube paulista há 10 dias, concordou em ficar em quarentena por 14 dias após entrar no Brasil porque veio da Inglaterra, onde as variantes de Covid-19 são consideradas uma ameaça particular. 

A agência informou que avisou o clube e a Confederação Brasileira de Futebol e localizou o hotel onde o time do Corinthians estava sediado antes do jogo, neste domingo. Em nota, a Anvisa afirmou que solicitou às autoridades que adotem "as ações necessárias...para o cumprimento das medidas sanitárias, com vistas a evitar que o jogador descumpra o período de quarentena". 

O Corinthians afirmou que desde o início da pandemia sempre cumpriu as regras sanitárias impostas pelas mais diferentes autoridades de saúde, mas que se reserva o direito de protestar quanto ao tratamento desigual dispensado pelo órgão. 

O movimento acontece apesar de Willian ter passado algum tempo treinando na semana passada com seu novo clube. 

Também ocorreu quase uma semana após a Anvisa forçar o cancelamento da partida entre Brasil e Argentina pelas eliminatórias para a Copa do Mundo após cinco minutos de jogo, devido à presença de quatro argentinos que também haviam passado pela Inglaterra. 

Veja a nota completa:

"O Sport Club Corinthians Paulista esclarece que, em observância à portaria 655/21 da Anvisa (que trata de restrições de entrada no Brasil de pessoas vindas do Reino Unido), o atleta Willian não irá a campo para a partida deste domingo, em Goiânia, contra o Atlético-GO.

Desde o início da pandemia, o clube sempre cumpriu as regras sanitárias impostas pelas mais diferentes autoridades de saúde, mesmo que algumas delas tenham se revelado confusas. Logo, cumprirá sem objeções o papel de difusor das medidas da portaria 655/21.

No entanto, o Corinthians se reserva o direito de protestar quanto ao tratamento desigual dispensado pelo órgão, conforme reconhecido pela própria Agência nos últimos parágrafos do comunicado sobre o atleta Willian, emitido no sábado (11).

O clube espera que a Anvisa e os demais órgãos públicos que compõem o sistema orientem com maior clareza os viajantes, atletas ou não, e os monitorem de forma igualitária e clara, buscando atingir o objetivo da portaria, que é o de preservar vidas, evitando especulações indesejadas e desinformação."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos