Com voto de confiança de Rogério Ceni, Léo Pereira faz parte dos planos do Flamengo para 2021

Antonio Mota
·3 minuto de leitura

Contratado para ser o substituto de Pablo Marí no início do ano passado, Léo Pereira não atendeu expectativas em sua primeira temporada no Flamengo e agora nada contra a maré para tentar se firmar no Rio de Janeiro. Contestado, o zagueiro recebeu muitas críticas da Nação nos últimos meses e acabou sendo escanteado na reta final do Campeonato Brasileiro. Agora, porém, ele quer deixar tudo isso no passado.

Em entrevista concedida ao ge, o ex-Athletico Paranaense comentou sobre como tem sido sua passagem no Mais Querido e o que espera para 2021. Além disso, conforme o mesmo veículo, o zagueiro foi comunicado por Rogério Ceni e pelo departamento de futebol que o clube conta com ele na temporada. Vale lembrar que Léo Pereira negociou com o Besiktas, da Turquia, há pouco tempo.

“Foi uma primeira temporada de muito aprendizado. Faço muito uma autocrítica em relação ao meu trabalho e sei que tenho muito a evoluir e aprender no dia a dia. O Flamengo é um clube com um elenco repleto de bons jogadores, então as oportunidades aparecem para todos e quem joga dá conta do recado. Sigo trabalhando para conquistar meu espaço e agarrar as oportunidades”, iniciou Léo Pereira.

Léo Pereira fala em "autocrítica" e diz acreditar em recuperação no Flamengo. | Bruna Prado/Getty Images
Léo Pereira fala em "autocrítica" e diz acreditar em recuperação no Flamengo. | Bruna Prado/Getty Images

Formado no Furacão, Léo Pereira também precisou de tempo para se firmar na Arena da Baixada. Lá, o zagueiro foi emprestado ao Guaratinguetá, ao Náutico e ao Orlando City antes de conseguir um maior protagonismo. Agora, no Flamengo, ele enfrentou novos problemas para se adaptar, o que só piorou com a pandemia do novo coronavírus, mas isso não tirou sua esperança de um futuro melhor no clube.

“A adaptação e o estilo de jogo (foram as dificuldades). Mas como falei, sei o que fiz e o que posso melhorar, e é nisso que eu acredito. A pandemia atrapalhou bastante as questões física e mental, tudo isso acabou sendo prejudicial para todos nós. Espero que nessa segunda temporada eu entre em campo ainda mais preparado, com a parte tática e física em dia. Acredito que posso fazer bons jogos pelo Flamengo”, salientou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em entrevista, Léo Pereira também comentou sobre o bom começo de temporada no Flamengo – lembrando que ele retornou aos trabalhos antes do grupo principal – e revelou seus planos para este início no Campeonato Carioca.

“Partidas importantíssimas para pegar confiança e ritmo de jogo. Esse ano devemos ter um calendário apertado novamente, então vou usar esse início de temporada para aprimorar a parte física e estar acostumado com a sequência de jogos que teremos em 2021”, disse.

Por fim, o zagueiro detalhou sua relação com Rogério Ceni. “É um cara que eu admirava como jogador e admiro ainda mais como treinador. Muito inteligente, abraçou o grupo e essa confiança no dia a dia é fundamental. Não é à toa que chegou e já conquistou um Brasileiro. Minha admiração pelo profissionalismo dele aumenta a cada dia”, concluiu Léo Pereira.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.