Com a volta de Calleri, Rogério Ceni pode mudar o ataque do São Paulo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Na última terça-feira (2), durante os treinos do São Paulo, o atacante Jonathan Calleri participou de atividades com os jogadores que estiveram em campo por mais de 45 minutos contra o Internacional. Com isso, o atleta volta a ser uma opção para o ataque são-paulino, gerando uma nova dúvida para a escalação do treinador Rogério Ceni.


CONFIRA A TABELA ATUALIZADA E SIMULE OS JOGOS DO BRASILEIRÃO DE 2021!

Quando chegou ao São Paulo em sua segunda passagem, Rogério Ceni não contou com Rigoni, destaque do time no Brasileirão, nas primeiras três partidas em que esteve à frente do time.

Assim, o time foi a campo com Luciano e Calleri como dupla de ataque nas partidas contra o Ceará e contra o Corinthians. Diante dos nordestinos, empate por 1 a 1 e, no Majestoso, vitória por 1 a 0. Os dois gols foram marcados por Jonathan Calleri.

O argentino, porém, deixou o campo lesionado contra o Corinthians, e foi substituído por Pablo na derrota por 1 a 0 para o Red Bull Bragantino. Na partida seguinte, Rigoni retornou e jogou ao lado de Luciano na vitória por 1 a 0 sobre o Internacional, com gol de Gabriel Sara.

Para o próximo jogo, contra o Bahia, Ceni deve contar pela primeira vez com os três principais atacantes do elenco, tendo algumas possibilidades para explorar. O treinador pode manter uma dupla de ataque, como fez nos últimos jogos, implicando em um dos jogadores indo para o banco. A ideia seria um atacante mais fixo, geralmente Calleri, e um mais móvel, que pode ser Rigoni ou Luciano. Ainda em uma possível dupla, é capaz que Rigoni ou Luciano sejam utilizados como meia, embora seja uma alternativa mais improvável.

Há a chance, ainda, de um trio de ataque. Luciano pode atuar pela esquerda, como fez durante grande parte de sua carreira, enquanto Rigoni, que comumente jogava pela ponta direita antes de chegar ao São Paulo, pode ser o atacante atuando pelo lado direito do campo. Assim, Calleri seria o centroavante da equipe, o 'homem gol'.

>>> QUEM VOCÊ ESCALARIA NO ATAQUE DO SÃO PAULO? VOTE NA ENQUETE!

O São Paulo entra em campo no próximo domingo (7), às 18h15, na Arena Fonte Nova, para enfrentar o Bahia, pela 30ª rodada do Brasileirão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos