Com vivência de sobra, Ivan luta para, no Vasco, retomar sua grande fase

Ivan perdeu espaço ao jogar no Corinthians e no Zenit (Reprodução / Twitter Zenit


A busca do Vasco para encontrar o goleiro ideal de seu retorno à Série A levou a atual diretoria a selar um acordo com Ivan. Aguardado nesta quarta-feira (11) para fazer exames médicos e assinar contrato, o jogador de 25 anos, que foi emprestado pelo Corinthians, desembarcará em São Januário com a expectativa de, com a camisa cruz-maltina, retomar seu espaço no futebol nacional e mostrar o valor que tem.

+ Missa e enterro de Roberto Dinamite: veja imagens do adeus ao ídolo do Vasco


O goleiro começou a chamar atenção por suas atuações nas categorias de base. Após ter iniciado sua trajetória no sub-17 do Guarani, rapidamente "migrou" para a Ponte Preta, onde teve uma ascensão meteórica.

Designado como substituto de Aranha em 2018 na Macaca, Ivan logo em sua estreia defendeu um pênalti de Jadson em uma vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians. Com reflexo para pegar pênaltis e fazer defesas, chamou atenção do técnico André Jardine e foi crucial na campanha da Seleção Sub-22 no Torneio de Toulon. Coube a ele defender o pênalti que deu o título da equipe canarinha.

+ Prefeitura do Rio inaugura Av. Roberto Dinamite, em frente ao estádio de São Januário


Sua sequência pela Ponte fez com que o técnico Tite o convocasse para jogos da Seleção Brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo. Ivan chegou a ser cotado como titular da Olimpíada de Tóquio, mas o adiamento em virtude da pandemia de Covid-19 trouxe também uma mudança de planos.

O jovem sofreu uma lesão no ligamento do punho direito e foi submetido a uma cirurgia em setembro de 2020, o que afetou sua sequência. Apenas no decorrer da Série B de 2021, pôde ajudar a Ponte Preta a lutar por sua caminhada.

No início do ano passado, veio uma nova esperança com a mudança de ares para o Corinthians. No entanto, o forte rendimento de Cássio fez com que tivesse pouquíssimas chances e acabasse cedido ao Zenit.

No futebol russo, porém, também faltaram oportunidades. Foram quatro jogos no Zenit, todos pela Taça da Rússia. Há um longo tempo inativo, o goleiro terá alguns obstáculos no Vasco.

Em sua chegada, Ivan chega ao Rio de Janeiro com a missão de se firmar como titular de um clube que volta à elite. Seu concorrente na posição será Thiago Rodrigues, que conseguiu uma sequência na Série B e acirrará a luta pela meta, em especial diante da nova realidade no Cruz-Maltino em campo. O jogador de 25 anos ainda terá o desafio de retomar seu ritmo de jogo.

Em meio a tantos desafios, Ivan terá de mostrar fôlego para honrar tantas expectativas.