Com vitória e 4º em Goiânia, Salas fatura Stock Light. Iorio vence corrida 2

FERNANDO SILVA

A temporada 2019 da Stock Light já tem seu grande campeão. Guilherme Salas confirmou o favoritismo no seu regresso à categoria de acesso à Stock Car e garantiu a taça por uma corrida de antecipação nesta manhã de domingo (24) em Goiânia. Nascido em Jundiaí, o jovem piloto da KTF é, aos 25 anos, bicampeão na categoria de base, uma vez que conquistou o título do antigo Brasileiro de Turismo, hoje Stock Light, em 2014. Salas venceu a corrida 1, disputada na tarde de sábado, precisando apenas terminar à frente de Gustavo Frigotto neste domingo. E foi exatamente o que aconteceu, com Guilherme finalizando em quarto lugar, seguido pelo curitibano.

Neste domingo, destaque para Matheus Iorio, que assumiu a liderança logo na largada e jamais foi superado, faturando uma vitória incontestável, a sua segunda do ano. Gabriel Robe foi o segundo, com Gustavo Myasava em terceiro, com os dois repetindo o resultado de sábado. Campeão, Salas foi o quarto, à frente de Frigotto e Diego Ramos, o segundo dentre os novatos depois do triunfo entre os rookies obtido no último sábado em Goiânia. O top-10 foi completado por Marco Cozzi, Pedro Boesel, o campeão de 2018, Raphael Reis, e Pedro Caland.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

A última prova da temporada 2019 da Stock Light acontece na preliminar da decisão da Stock Car em 15 de dezembro, em Interlagos.

O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ a etapa de Goiânia da Stock Car com o repórter Felipe Noronha. Siga tudo aqui.

Guilherme Salas festeja mais uma conquista na Stock Light (Foto: Duda Bairros/Stock Car)


Salas triunfa de forma contundente na corrida 1

O sábado parecia reservar uma batalha entre Guilherme Salas e Matheus Iorio. Pela manhã, o novato superou o piloto da KTF por 0s039 e assegurou a pole-position para a corrida 1. Só que, pouco depois, após inspeção, o carro #34 da equipe Crown Racing foi reprovado pelos comissários de prova em razão da troca de algumas peças. Assim, de pole, Iorio caiu para último, e Salas herdou a posição de honra do grid.

Salas partiu para mais uma atuação irretocável na temporada. Não que tivesse sido fácil, bem longe disso. Ao longo de boas voltas, o jovem de Jundiaí duelou com Gustavo Frigotto, só que o curitibano perdeu ritmo nas voltas finais e não conseguiu se sustentar na briga pela vitória, sendo ultrapassado por Gabriel Robe e Gustavo Myasava, que completaram o pódio ao lado de Salas na tarde de sábado.

Frigotto cruzou a linha de chegada na quarta colocação, enquanto Márcio Campos, companheiro de equipe de Robe na Motortech, fechou o top-5. 

Destaque mesmo para Diego Ramos, que com o carro da W2 Shell V-Power assegurou uma boa sexta colocação, vencendo a corrida dentre os novatos do grid, superando o experiente Raphael Abbate, da L3 Motorsports, e Iorio, que de 22º e último no grid terminou na oitava posição após batalhas na pista com Marco Cozzi. Erik Mayrink e Raphael Teixeira fecharam a lista dos dez primeiros colocados.

Guilherme Salas acelera para vencer corrida 1 em Goiânia (Foto: Duda Bairros/Stock Car)


Salas, que faz rodada dupla neste fim de semana e substitui Marcos Gomes no carro da KTF na Stock Car, dormiu no sábado com uma mão e meia na taça, tendo a missão de terminar à frente de Frigotto a corrida 2, na manhã de domingo, para confirmar o título da Stock Light e garantir pela segunda vez a taça da categoria de acesso à Stock Car.

Consagração de Salas e vitória de Iorio no domingo

Pela regra do grid invertido, Raphael Teixeira largou na primeira posição da corrida 2, enquanto Guilherme Salas partiu da décima posição. Quem tomou a ponta logo na largada foi Iorio, enquanto o líder do campeonato partiu para cima do pelotão e, na primeira volta, já era o sexto, pressionando Frigotto, que estava logo à sua frente.

Iorio escapou na frente, enquanto Teixeira segurava um grande pelotão que tinha também Gabriel Robe, Diego Ramos, Frigotto e Salas, todos muito próximos, enquanto Pedro Boesel vinha mais atrás na sétima posição.

Robe assumiu a segunda posição na volta ao superar Teixeira na volta 6. No giro seguinte, Salas passou Frigotto e subiu para quinto. Logo depois, o safety-car foi acionado para retirar o carro de André Moraes, que bateu na reta principal depois de perder o controle atrás de Gabriel Lusquiños, que fazia zigue-zague à sua frente.

Matheus Iorio venceu a corrida 2 da Stock Light em Goiânia (Foto: Duda Bairros/Stock Car)


O safety-car neutralizou a vantagem confortável de Iorio. Mas o dono do carro #34 voltou a abrir tão logo foi dada a relargada, com Robe, Teixeira, Myasava, Ramos e Salas completando a lista dos seis primeiros, e Frigotto logo atrás. 

O cenário mudou na volta 12, quando Teixeira rodou sozinho no miolo da pista. Salas, por sua vez, conseguia passar Diego Ramos, subindo para quarto. O piloto da Academia Shell Racing também era superado também por Frigotto.

Daí em diante, foi partir para o desfecho da prova e a bandeira quadriculada. Iorio confirmou uma vitória contundente, a sua segunda em 2019, no seu ano de estreia na Stock Light. Robe e Myasava completaram o pódio, enquanto Salas confirmou a conquista do título da categoria de acesso à Stock Car.


Paddockast # 43

QUAL FOI O MELHOR GP DO BRASIL QUE VOCÊ ASSISTIU?


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM






Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo


O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.


Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.







Leia também