Com VAR em ação, Londrina vence o Brusque e sobe na classificação da Série B

Após consulta ao VAR, arbitragem validou gol de Douglas Coutinho que abriu caminho para a vitória do Londrina sobre o Brusque  (Foto: Reprodução/Premiere)


Medindo forças pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, apenas a vitória interessava a Londrina e Brusque antes da bola rolar, no estádio do Café. E quem se deu melhor foram os mandantes. Ainda na etapa inicial, com auxílio do VAR, Douglas Coutinho abriu a contagem, vendo Diego Jardel, de pênalti, já na etapa final, igualar tudo para os visitantes. Porém, momentos depois, Caprini deixou o Tubarão novamente em vantagem dando números finais em 2 a 1.

Com o resultado, a equipe comandada por Adilson Batista chegou aos 8 pontos, pulando para a 12ª colocação. Já o time de Waguinho Dias, por conta do tropeço, acabou caindo para a 14ª posição com seus 7 pontos somados até o momento.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

JOGO EQUILIBRADO NO INÍCIO

Jogando sob seus domínios, o Londrina tentou mostrar força indo para cima do Brusque. Em sua primeira tentativa, Douglas Coutinho, após receber passe de Mossoró, acabou mandando longe do gol defendido por Ruan Carneiro, para alívio do camisa 21.

Entretanto, o time visitante não quis saber de apenas se defender. Dando uma resposta quase que na sequência, Airton mandou uma bomba de fora, causando perigo ao goleiro Matheus Nogueira.

VAR CONFIRA GOL DO LONDRINA

Na sequência, o Tubarão passou a ditar o ritmo em campo. Em novas chegadas, desta vez de Caprini, Felipe Vieira e Mossoró, acabaram perdendo a chance de abrir a contagem no estádio do Café.

Até que aos 31 minutos, após cruzamento de Felipe Vieira, Douglas Coutinho só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes, porém, inicialmente, com a arbitragem anulando o tento marcando um impedimento. Após o lance ser checado no VAR, o gol acabou sendo validado para alegria do camisa 17.

BRUSQUE ERRA PÊNALTI NO FIM

Atrás no marcador, o time catarinense não desistiu do empate até os momentos finais. Com isso, próximo dos acréscimos, chegou a ter um pênalti a seu favor após a bola bater na mão de João Paulo. Na cobrança, Alex Sandro bem que tentou surpreender, mas o goleiro Matheus Nogueira acabou pulando para fazer a defesa impedindo o gol rival.

TUBARÃO BUSCA O SEGUNDO, MAS LEVA O EMPATE

Mesmo com Waguinho Dias realizando algumas trocas no intervalo, quem teve melhor início na etapa final foram os donos da casa. Até meados dos 15 minutos, chegou com perigo em tentativas de Mossoró e Gustavo Villar, porém em ambas a bola acabou indo para fora.

Vendo o tempo passar, foi a vez do técnico Adilson Batista optar por algumas mudanças. Entretanto, mesmo dando gás novo ao time, viu a arbitragem marcar uma nova penalidade ao time adversário após Jailson ser derrubado na área por Saimon. Porém, desta vez, Diego Jardel foi para a bola e, no canto direito, igualou tudo no Estádio do Café.

CAPRINI MARCA PARA O LONDRINA E FECHA A CONTA

Não se abalando pelo tento rival, a equipe da casa, momento depois, aos 28 minutos, voltou a ficar em vantagem. Após receber de Douglas Coutinho, Caprini acertou um lindo chute sem chances para Ruan Carneiro.

Vendo o tempo passar, foi a vez dos dois comandantes apostarem suas últimas fichas, com . Entretanto, mesmo com os acréscimos dados pelo árbitro, o Quadricolor acabou não conseguindo correr atrás de um novo empate para festa da torcida do LEC no estádio do Café.

FICHA TÉCNICA
LONDRINA 2x1 BRUSQUE

Data e horário: 14/05/2022, às 11h (de Brasília)
​Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)
Árbitro: Paulo Henrique Schleich Volkopf (MS)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Marcos dos Santos Brito (MS)
VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Cartões Amarelos: Jhonny Lucas, 28'/1ºT; Samuel Santos, 9'/2ºT; Zé Mateus, 19'/2ºT; Wagner Balotelli, 26'/2ºT

Gols: Douglas Coutinho, 33'/1ºT (1-0); Diego Jardel, 22'/2ºT (1-1); Caprini, 28'/2ºT (2-1)

LONDRINA: Matheus Nogueira; Samuel Santos, Vilar, Saimon e Felipe Vieira (Eltinho, aos 31'/2ºT; João Paulo, Marcinho (Luis Mandaca, aos 31'/2ºT), Gegê (Alan Ruschel, aos 13'/2ºT), Mossoró (Mirandinha, 14'/2ºT) e Caprini (Watson, aos 40'/2ºT); Douglas Coutinho.
(Técnico: Adilson Batista)

BRUSQUE: Ruan Carneiro; Pará (Toty, aos 38'/2ºT), Wallace, Bruno Aguiar e Airton (Alex Ruan, aos 38'/2ºT); Felipe Manoel (Wagner Balotelli, no intervalo), Luiz Antônio (Jailson, no intervalo), Zé Mateus e Diego Jardel; Júnior Todinho (Kaio Nunes, aos 38'/2ºT) e Alex Sandro.
(Técnico: Waguinho Dias)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos