Com vantagem após 2 a 0 na ida, Bragantino visita Libertad na semifinal da Sul-Americana

·2 minuto de leitura
Lance da partida entre Red Bull Bragantino e Libertad, pela semifinal da Copa Sul-Americana (AFP/CARLA CARNIEL)

O Bragantino entra em campo nesta quarta-feira em Assunção diante do Libertad do Paraguai com a confiança de chegar à final de Copa Sul-Americana, precisando para isso administrar sua vantagem após vencer no jogo de ida por 2 a 0, há uma semana.

Um empate ou até uma derrota por um gol de diferença bastam para o time brasileiro garantir a vaga na decisão.

"Não vamos esmorecer. O duelo ainda está aberto. Vamos jogar para chegar à final", disse o técnico da equipe paraguaia, o argentino Daniel Garnero, com otimismo e convicção.

"A equipe está convencida de que podemos reverter o resultado", comentou, acrescentando que seus jogadores "vão procurar o jogo para marcar gols".

Pensando nesta partida de volta, o técnico Maurício Barbieri do Bragantino colocou em campo no domingo um time misto contra o Fluminense que o derrotou por 2 a 1 no Brasileirão.

- Equipe 'consistente' -

O treinador do time paulista disse que não foi fácil chegar a esta fase da Sul-Americana.

Ele afirmou que sua equipe é fruto de trabalho, planejamento e constância. "Nossa força vem da continuidade. Formamos uma equipe muito competitiva, muito consistente", disse ele.

Porém, o jogo da ida foi bastante equilibrado apesar da diferença (2-0) que para Garnero não reflete a disputa que aconteceu em campo. O primeiro gol foi de cabeça (Ytalo), aos 29 e o segundo, em uma cobrança de pênalti, convertido por Artur, aos 49.

Quem vencer este confronto enfrentará o vencedor do duelo entre o Athletico-PR e o Peñarol do Uruguai na final em jogo único que será disputada no Estádio Centenário, em Montevidéu, no dia 20 de novembro.

No jogo de ida, quinta-feira passada em Montevidéu, o rubro-negro de Curitiba comandado por Antonio Oliveira, derrotou o 'aurinegro' do técnico Mauricio Larriera por 2 a 1.

O jogo entre Libertad e Bragantino está marcado para as 19h15 (horário de Brasília), no estádio Defensores del Chaco, em Assunção.

O duelo será apitado pelo árbitro argentino Nestor Pitana, com seus auxiliares, e compatriotas, Juan Pablo Belatti e Cristian Navarro.

Prováveis escalações:

Libertad: Martín Silva - Camilo Mayada, Diego Viera, Alexander Barboza, Julio Enciso - Iván Franco, Ramón Martínez, Daniel Bocanegra, Hugo Martínez - Sebastián Ferreira e Óscar Cardozo. Técnico: Daniel Garnero.

Bragantino: Cleiton - Aderlan, Léo Ortiz, Fabrício Bruno, Edimar - Jadsom Silva, Eric Ramires, Bruno Praxedes, Artur - Tomás Cuello e Ytalo. Técnico: Mauricio Barbieri.

hro/ol/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos