Com transmissão da TV Globo, Jungle Fight 112 define nova campeã peso-palha

Jungle Fight será exibido na Globo (Foto: Leonardo Fabri)


Com transmissão da TV Globo para todo o Brasil, logo após o "Domingo Maior", o Jungle Fight 112, que acontece na capital paulista no próximo dia 13, vai coroar a nova campeã peso-palha da organização. As postulantes ao título são a mineira Stephanie "Rondinha" e a paulista Karina Aryadne.

Curiosamente, o último evento nacional da modalidade transmitido pela TV Globo foi o Desafio Jiu-Jitsu x Luta-Livre, em 1991, que teve como um dos protagonistas o CEO-Fundador do maior evento de MMA da América Latina, Wallid Ismail, que na ocasião venceu Eugênio Tadeu aos 16 minutos e 18 segundos de luta.

"O trabalho agora é massificar o esporte, fazendo com que os atletas sejam ídolos em seus estados, que possam dar uma vida melhor às suas famílias. A partir do ano que vem, nós vamos fazer um circuito para fortalecer o MMA nacional e mostrar ao mundo que o Brasil é verdadeiramente a terra da luta", destaca Wallid.

Da favela para a tela da Globo

Nascida e criada na comunidade Vista do Sol, em Belo Horizonte, Stephanie Luciano, 22 anos, é fruto de projeto social que leva os ensinamentos técnicos e filosóficos das artes marciais para crianças e jovens, e chegou a vender paçoca e miçangas para bancar o valor das passagens de ônibus para poder ir treinar.

Vindo de uma grande atuação na arena Jungle, em setembro, quando venceu Aline Maciel por nocaute técnico no segundo round, a mineira ostenta um cartel profissional de quatro vitórias em cinco duelo disputados.

"Venho me dedicando ao MMA desde os 16 anos, então me sinto preparada para este desafio, seja trocando ou no chão. Sei que o mais forte dela é o jiu-jitsu, então com certeza ela vai querer me derrubar", acredita Stephanie.

"De qualquer forma, não será a primeira vez que eu luto contra uma faixa-preta de jiu-jitsu, não darei brecha. Acredito que será uma guerra, talvez chegue a cinco rounds, mas vou tentar terminar antes", projeta a atleta da Gordin Fight Team.

Máquina de finalizar

Paulista da pequena Capão Bonito, município com aproximadamente 50 mil habitantes, Karina Aryadne, 26, afiou seu jogo através de diversas modalidades marciais, como judô, jiu-jitsu e até sumô. Graças à luta, ela se formou em Educação Física, acumulando as funções de atleta e professora.

Invicta no MMA e dona de um jogo de grappling bastante eficiente, Karina venceu todas as cinco adversárias que enfrentou, 80% delas por finalização, sempre com variações de chave de braço.

"Coleciono títulos no jiu-jitsu desde os meus 12 anos de idade, incluindo mundial e brasileiro, finalizei quatro das minhas cinco adversárias no MMA, então eu confio muito no meu chão", avisa Karina, atleta da Herman Gutierrez Team.

"Por mais que ela saiba que eu sou faixa-preta na modalidade, provavelmente ela nunca lutou contra alguém com o meu nível de jiu-jitsu. Então vou conquistar o meu cinturão com o que eu tenho de melhor: meu jogo de chão", promete.

Além da TV Globo, o Sportv 2, o Combate, a Jovem Pan Esportes, a Jovem Pan News, a Pan Flix e o Facebook e Youtube oficial do Jungle Fight transmitem o evento, ao vivo, a partir das 19h deste domingo.

Confira abaixo o card completo do evento:

Jungle Fight 112
Ginásio do Pelezão, São Paulo, SP
Domingo, 13 de novembro de 2022


52kg: Stephanie “Rondinha” Luciano x Karina Aryadne Caetano

70kg: Leonardo Rodriguez x Rodrigo Almeida

61kg: Davi de Souza Almeida x Hélio Nunes

70kg: Rian Martinazzo x Thierry Lucas

57kg: Frank Bispo dos Passos x Marcos "Tailandês"

57kg: Luiz Paulo Barbosa Maciel x Wagner Reis

66kg: Thiago Gauterio x Rodrigo Miag

57kg: Lucas Baracho x Willians Nogueira Borges Junior

61kg: Manrique “Dhiago" Rojas x Kauê Vaz

61kg: Murilo Henrique Bento x Michael de Oliveira

61kg: Victor Bastos x Demerson Silva

66kg: Joseph Yohan x Rodrigo Amorim de Castro