Com três gols, Paulinho entra para a história da Seleção Brasileira

Marcio Porto
Jogador decidiu o confronto do Brasil contra o Uruguai nesta quinta-feira em Montevidéu e se isolou como o volante que mais marcou com a Amarelinha em todos os tempos: nove

O volante Paulinho está na história da Seleção Brasileira. Os três gols marcados contra o Uruguai na noite desta quinta-feira, na goleada de 4 a 1 sobre a Celeste em Montevidéu, o alçou ao posto de jogador da posição com mais gols com a Amarelinha em toda a história: nove, em 38 partidas.

Em uma tacada só, Paulinho superou grandes nomes da história do futebol brasileiro. Antes da marca, cinco volantes dividiam a primeira colocação: Falcão (34 jogos), Alemão (39), César Sampaio (49), Emerson (77) e Dunga (96). Com cinco gols, logo atrás, aparece Toninho Cerezo (73).

O tamanho do feito pôde ser medido nas palavras do jogador após a goleada de 4 a 1, consolidada com um gol de Neymar - Cavani fez para o Uruguai, que perdeu de virada.

- Nunca passou (pela cabeça marca três gols no Centenário), mas estamos trabalhando todos os dias e nada é por acaso. Agradeço a Deus pelo momento que estou vivendo e também a meus companheiros, fizemos uma grande partida e conseguimos a vitória. - afirmou o volante.

Paulinho já sofreu com questionamentos por ter sido convocado mesmo atuando no futebol chinês, pelo Guangzhou Evergrande. Com a confiança do técnico Tite, com quem foi campeão da Libertadores e do Mundial em 2012, o jogador superou as críticas e se fixou como titular da Seleção, praticamente garantida no Mundial de 2018 na Rússia, com 30 pontos.







E MAIS: