Com quatro desfalques, mas com seis reforços: o Palmeiras para as quartas

Eduardo Baptista não poderá contar com Vitor Hugo e Zé Roberto, suspensos, e nem com Jean e Guerra, machucados, no jogo de ida das quartas de final do Paulistão, contra o Novorizontino, neste domingo, às 19h. Por outro lado, seis jogadores que não estavam disponíveis para o jogo contra a Ponte Preta devem voltar a ser opções.

Dessa lista, ao menos quatro são titulares frequentes: Mina e Borja, que estavam com a seleção colombiana, Tchê Tchê, que cumpriu suspensão, e Michel Bastos, poupado diante da Macaca por causa do desgaste físico.

Outro que estava disputando as Eliminatórias é o venezuelano Guerra. Ele ainda não convenceu Eduardo Baptista a ponto de ser titular absoluto, mas tinha chance de iniciar o jogo do fim de semana. O problema é que o camisa 18 sofreu duas fraturas no nariz durante o jogo contra o Peru e está fora da próxima partida.

Dois dos que voltam a ser opções muito provavelmente iniciarão no banco de reservas: Thiago Santos, que cumpriu suspensão contra a Ponte, e Vitinho, que levou um pisão contra o Audax, sábado, e foi vetado do jogo desta terça.

- Vamos ver o que fizemos de errado para corrigir, porque agora é uma reta final em que não cabe o erro. Devemos ganhar o pessoal que volta das seleções, o Michel deve estar recuperado, e aí todo mundo para montar a melhor equipe para entrar forte no domingo - disse Eduardo Baptista.

Um provável Palmeiras tem Fernando Prass, Fabiano, Mina, Edu Dracena e Egídio; Felipe Melo; Róger Guedes (Keno), Michel Bastos, Tchê Tchê e Dudu; Borja.









E MAIS: