Com toque brasileiro, Arsenal vence Brighton e fecha o ano como líder isolado da Premier League

Martinelli comemora depois  gol do Arsenal (Glyn KIRK/AFP)


O Arsenal vai virar o ano em grande estilo, na ponta da tabela da Premier League. Os londrinos fecharam 2022 vencendo o Brighton por 4 a 2 em um jogo de bastante movimento. A vitória fora de casa foi construída com gols de Saka, Odegaard, Nkethiah e Gabriel Martinelli. Mitoma e Ferguson marcaram os tentos dos donos da casa. Com o resultado, os líderes encerram a primeira metade da temporada com seis pontos de vantagem sobre o Manchester City.

CEDINHO

O Arsenal saiu na frente logo cedo. Aos dois minutos de jogo, Bukayo Saka conferiu um rebote e abriu a conta para os Gunners. A equipe londrina seguiu chegando na área e com uma pegada muito forte passou o começo da partida dominando o Brighton. Pouco depois, Zinchenko fez boa jogada e bateu rasteiro, mas o goleiro Sanchez fez bela defesa.


Os donos da casa conseguiram criar uma boa ocasião. Trossard ficou meio desequilibrado após ser desarmado, mas mesmo assim, bateu para o gol. Ramsdale trabalhou e defendeu. Foi uma das poucas oportunidades em meio ao domínio dos londrinos.

COM EFEITO!

O Arsenal ampliou a conta aos 38 minutos de jogo com Odegaard. Após cruzamento feito na área, a zaga afastou e o norueguês bateu de primeira com efeito. O goleiro ficou parado e nada conseguiu fazer para evitar que a bola entrasse.

MAIS UM

Assim como no primeiro tempo, os líderes começaram o segundo, fazendo mais. Em um ataque aberto e organizado, Gabriel Martinelli ficou no mano a mano, levou para o fundo e chutou cruzado. O goleiro bateu roupa e Nkethiah conferiu no rebote. 3 a 0 para os Gunners.

RESPIRA O BRIGHTON

Os donos da casa ainda diminuíram a vantagem com o japonês Mitoma. Gross deu bom passe para o meio-campista nipônico, que tocou no canto. A partir daí, os Seagulls começaram a crescer um pouco mais dentro do jogo.

+ Fique por dentro de tudo que rola no mercado da bola na nova plataforma do L!

BRASILEIRO NA ÁREA!

Os Gunners trataram logo de esfriar os ânimos dos mandantes e marcaram o quarto. Em um contra-ataque, Odegaard deu um passe de almanaque para Martinelli que avançou em velocidade e tocou na saída do goleiro.

NO VACILO

O Brighton conseguiu marcar mais um, aproveitando a bobeira da defesa do Arsenal. Após lançamento, Saliba se enrolou com a bola e Ferguson ficou cara a cara com Ramsdale. O jogador dos Seagulls não desperdiçou e deu um leve toque.

A equipe do Arsenal não teve o mesmo controle da posse de bola nos minutos finais de jogo, o que fez com que o Brighton melhorasse um pouco mais no jogo, criando mais chances e se portando de maneira mais intensa. Quase no fim, os mandantes tiveram mais um gol anulado.

SEGUE O LÍDER

Os Gunners voltam a campo no próximo dia 3 de janeiro, em casa, contra o Newcastle. Com sete pontos acima do vice-líder, o time de Mikel Arteta está mais isolado do que nunca no topo da tabela. O Brighton segue na sétima posição.