Com todos os grandes ainda vivos, Eurocopa começa sua fase decisiva

·3 minuto de leitura
(arquivo) O troféu da Eurocopa exibido na Gazprom Arena em São Petersburgo no dia 22 de maio de 2021

A primeira fase se encerrou sem vítimas de peso. A Eurocopa passa de 24 para 16 seleções, que se enfrentam deste sábado até terça-feira nas oitavas de final que parecem ser equilibradas no geral, com dois duelos de maior destaque: Bélgica-Portugal e Alemanha-Inglaterra.

Com este formato da competição de 24 países, inaugurado na edição de 2016, a peneira feita na fase de grupos é relativa.

Assim, todas aquelas seleções com objetivos ambiciosos para esta Eurocopa continuam na corrida pelo título, e a maioria das oito que voltaram para casa são mais ou menos aquelas que já eram imaginadas por todos como Macedônia do Norte, Escócia, Hungria, Finlândia e Eslováquia.

Houve decepções, no entanto, como a Rússia, a Polônia de Robert Lewandowski, muito isolado sem poder contar com Arkadiusz Milik, e a Turquia, eliminada com três derrotas e apenas um gol marcado.

Outras seleções mostraram autoridade, como a Itália, que, assim como outras, disputou os três jogos da fase de grupos em casa. Com muita confiança, os "azzurri" deixaram uma grande imagem e são claramente os favoritos no duelo das oitavas em Londres contra a Áustria.

- Clássico europeu em Wembley -

A primeira fase desta Eurocopa, também marcada pela irrupção da política no futebol, como na quarta-feira quando a Alemanha exibiu as cores do arco-íris em apoio à comunidade LGBT para protestar contra uma lei húngara considerada homofóbica, confirmou alguns indícios: Bélgica (9 pontos, 7 gols marcados e um sofrido), e a França, que terminou em primeiro no temível Grupo F, à frente de Alemanha e Portugal.

No 'grupo da morte', os campeões mundiais franceses se destacaram contra a Alemanha (1-0), antes de sofrerem diante da Hungria (1-1) e frente os atuais campeões da Euro, os portugueses (2-2). No fim das contas, nenhum gigante foi derrubado nesse grupo, no qual apenas a Hungria não garantiu a classificação para a segunda fase, apesar de sua digna campanha.

Os franceses vão enfrentar a Suíça na segunda-feira em Bucareste. Depois de ver a eliminação de perto, os alemães vão estrelar um clássico do futebol europeu e mundial na terça-feira em Londres com a Inglaterra, um osso duro após o segundo lugar da 'Mannschaft' no grupo.

Outro confronto das oitavas de final entre duas constelações de estrelas, Portugal e Bélgica, pode ser visto como uma final (muito) esperada. A Bélgica de De Bruyne, Lukaku e Hazard contra Portugal de Cristiano Ronaldo, que marcou cinco gols em três jogos, alcançando o recorde de gols por seleções do iraniano Ali Daei (109).

Este jogo de alto nível promete iluminar a noite de domingo em Sevilha.

- Eriksen presente -

Também com uma campanha 100% e com um impressionante potencial ofensivo, a Holanda encara as oitavas de final como favorita. No domingo, a 'Oranje' enfrenta em Budapeste a República Tcheca de Patrik Schick, autor do gol do torneio com um chute de 50 metros contra a Escócia.

A Espanha, por sua vez, demorou a acordar, mas o fez de forma espetacular, derrotando a Eslováquia por 5 a 0 na quarta-feira, garantindo sua classificação para as oitavas de final. Nessa fase, em Copenhague, a 'Roja' vai enfrentar a vice-campeã mundial Croácia, outra equipe irregular mas com o talento infinito de Luka Modric.

Foi exatamente na capital dinamarquesa, no gramado do Parken, que ocorreu o momento mais dramático do torneio com a parada cardíaca de Christian Eriksen em pleno jogo. Ninguém vai esquecer as imagens daqueles minutos intermináveis até o jogador da Inter de Milão deixar o campo em uma maca, consciente e salvo pelos médicos.

Esses momentos terríveis abalaram a Dinamarca que perdeu seus dois primeiros jogos, mas se recuperou contra a Rússia (4-1) para estar presente neste sábado em Amsterdã contra o País de Gales.

Embora não seja o duelo de maior prestígio e interesse, será uma boa entrada no cardápio que ainda tem as outras sete partidas das oitavas.

stt/jed/bvo/iga/pm/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos